Meio Bit » Baú » Software » Nem o NEXT-NEXT-NEXT é Sagrado

Nem o NEXT-NEXT-NEXT é Sagrado

10/12/2009 às 17:38

A tão falada facilidade de instalação de programas no Windows tem um lado ruim, pior do que ajudar na proliferação de salsas. Ela é usada para empurrar bloatware e muitas vezes malware para usuários incautos.

Vejamos um estudo de caso com uma aplicação das mais simpáticas, o FOXIT, leitor de PDF peso-pluma e excelente substituto para o mamute PDF Reader oficial da Adobe. Acompanhemos o processo de instalação, e veja o que ganharíamos se o processo NEXT-NEXT-NEXT fosse seguido sem nenhuma atenção:

Na primeira tela, uma apresentação do programa, nenhuma indicação de associação com terceiros. NEXT.

Segunda tela: EULA, sem nenhuma menção a softwares de terceiros ou modificações no comportamento de browsers. As cláusulas tirando o fiofó da empresa da reta estão presentes, claro.

Na tela seguinte, duas possibilidades, instalação customizada ou padrão. Vamos na padrão ver o que acontece:

Local de instalação, criação de ícones no desktop. Mais insuspeito possível. Teoricamente, seria clicar install e pronto, correto? Não.

Agora, do nada, surge uma tal de FoxIt Toolbar. Toolbars são malignas, ainda mais quando são "sugeridas" quase no final da instalação, e a confirmação já vem clicada. Assim como a opção de alterar a ferramenta de busca para o ASK.COM, aquele serviço que ninguém usa e sobrevive através de toolbars e outras gambiarras. Vamos desclicar os dois.

Mensagem de alerta, usuário que desmarcar já fica com medo. OK, vamos ignorar o alerta e prosseguir, SEM as toolbars ou o ask.com. Notem que nem eles foram caras de pau o suficiente para deixar pré-marcada a caixa de alteração da página inicial do navegador.

Popará. Setup Terminado, mas que diabos é isso? Opção pré-marcada para criar ícones para ebay no desktop, quicklaunch e menu Iniciar? Como assim, Bial? Só para poluir meu desktop?

São sete cliques durante a instalação. Se durante esses cliques o usuário não prestar atenção além do FoxIt ganhará uma toolbar, um novo (e péssimo) site de buscas e ícones alienígenas poluindo sua máquina.

Pense em quanta gente clica sem pensar, depois não tem idéia de onde surgiram aqueles penduricalhos. Imagine então que ao invés de toolbar, fosse pior ainda, um daqueles pseudo-spywares especializados em encher a máquina de lixo.

Nota: O FoxIt não foi escolhido por nenhum motivo em especial, não é melhor nem pior do que milhares de outros programas que se sujeitaram a tirar seu sustento de acordos com empresas de toolbars e portais de busca de 4a categoria. Em verdade não dá nem para dizer que o que fazem é ilegal ou imoral. Diria apenas que é algo muito desagradável, ainda mais pensando no cardume de usuários de antolhos que clicaram cegamente e agora estão com programas e sites que não queriam instalados em seus PCs.

relacionados


Comentários