Meio Bit » Baú » Internet » Google: busca em tempo real e outras novidades

Google: busca em tempo real e outras novidades

08/12/2009 às 8:46

Ontem foi um dia cheio para o Google. Numa tacada só, a empresa de Mountain View apresentou ao mundo novos produtos e melhorias em seu principal, a busca.

Na busca, o Google confirmou sua entrada triunfal na disputa do momento: informação em tempo real. Na batalha antes restrita ao Twitter e Facebook, Brin e Page entraram com os dois pés na porta, e agora, por enquanto para alguns usuários, misturados aos resultados tradicionais estão os mais recentes, organizados em tempo real, com scrolling da página!

Os dados da pesquisa em tempo real vêm de parceiros, também anunciados ontem: Facebook, MySpace, FriendFeed, Jaiku e Identi.ca, além do Twitter, anunciado algumas semanas atrás. É possível, inclusive, filtrar os resultados em tempo real por serviço.

busca-tempo-real-google-20091208

Para visualizar a página com atualizações em tempo real, como esta aqui, basta pesquisar algum termo, e clicar, nas opções, em “Latest”. Ou então, no mini-box que surge nos resultados normais, em “Latest results for [termo]”. A exemplo do que acontece no FriendFeed, é possível pausar a atualização automática de resultados.

Além do incremento na busca principal, foi adicionada uma nova seção no Google Trends, chamada “hot topics”, contendo os assuntos mais comentados do momento.

Além do buscador, o Google liberou novidades bacanas para dispositivos móveis. Tivemos um anúncio de menor impacto, a liberação do idioma japonês para a pesquisa por voz do Android (antes, só reconhecia inglês e mandarim), a confirmação de que a busca em tempo real já funciona em dispositivos móveis (só Android e iPhone), e, por fim, dois outros anúncios bem bacanas.

O primeiro deles é o What’s Nearby, para Google Maps no Android 1.6 ou superior. O funcionamento do programa é super simples, mas mesmo assim, extremamente útil. Aponte um local no mapa, e o programa retorna dez locais próximos, como restaurantes, shoppings e outros pontos que, talvez, possam interessar ao usuário. O Google promete essa mesma função no Google via

Por fim, o Google Goggles, também para Android 1.6+. Trata-se de um programa que faz uso da câmera fotográfica do smartphone, permitindo “buscas visuais”. Tire uma foto de um produto, livro, monumento, local ou logo, e a imagem, após ser analisada nos servidores do Google, transforma-se numa pesquisa feita no buscador. Simples e eficiente, e todo o procedimento demora poucos segundos.

A empresa diz que a computação visual ainda está engatinhando, e que o Goggles é um primeiro passo, mas que no futuro, identificar coisas através de imagens será tão natural quanto usar o mouse.

Após os anúncios do Bing, o Google conseguiu superar a Microsoft em termos de inovação. Os produtos da empresa, que já são amados e idolatrados por muita gente (com razão), tendem a ficar ainda melhores, o que, em último caso, só traz benefícios. A nós, o óbvio, produtos melhores e mais práticos; à indústria, mais competitividade, que culmina com novas melhorias e recursos.

Fontes: Google Blog, Google Mobile Blog.

relacionados


Comentários