Meio Bit » Baú » Fotografia » Microsoft Bing Photo Contest - mais um concurso abusivo

Microsoft Bing Photo Contest - mais um concurso abusivo

04/12/2009 às 13:46

Quem ficou horrorizado com o a trapalhada organizada pelo HSBC em forma de concurso fotográfico vai ficar surpreso com mais essa pérola envolvendo uma grande empresa. Agora é a vez de a Microsoft lançar um Concurso Cultural (rótulo geralmente usado por pessoas espertas para mascarar uma campanha abusiva) visando coletar imagens para serem usadas como uma campanha de marketing para o Bing. Participar é fácil. Você só precisa ser fã da página do Bing no Facebook e enviar suas fotos por lá. O concurso está aberto até o dia 13 de dezembro e os vencedores terão suas fotos exibidas no Bing a partir de 5 de janeiro.

Claro que todos têm o direito de fazerem o que quiserem com suas fotos, afinal de contas, nem todo mundo sabe que uma imagem também é fruto de um trabalho intelectual e, portanto, tem um valor econômico. Mas, o que me enfurece são empresas com alcance global e recursos gigantescos quererem faturar encima de pessoas mal informadas para montar uma campanha de marketing gastando uma quantia irrisória. Para provar esse ponto vejam as duas pérolas que se encontram no regulamento da competição:

- Ao enviar sua foto você concede à Microsoft Corporation e suas afiliadas (coletivamente, "Microsoft"), um ilimitado, irrevogável, mundial, isenta de direito livre, perpétuo, não exclusivo e licença para utilizar, reproduzir, publicar, modificar, executar e exibir a imagem e todos os hot spots na página www.bing.com ou qualquer substituto ou sucessor a página da web como, qualquer sub-domínios, todas as versões internacionais do www.bing.com, e em qualquer marketing ou publicidade de qualquer espécie conexos, em qualquer meio atualmente conhecida ou posteriormente desenvolvida.

Só esse pequeno parágrafo já vai contra tudo o que os defensores de Direitos Autorais no mundo inteiro apregoam. Só o fato de concordar que a Microsoft possa modificar a obra autoral já mostra os verdadeiros intuitos da empresa. Mas, ainda tem mais.

- A Microsoft não irá pagar qualquer indenização por sua fotografia ou qualquer outro uso que pode fazer dela. Microsoft . A Microsoft não é obrigado a usar a sua fotografia e nós não podemos notificá-lo se não usá-lo.

Ou seja, depois que você mandou a foto, não existe mais controle de como ela será usada ou onde será exibida. Mas, você será uma pessoa feliz por ajudar a Microsoft a ganhar mais uma graninha.

Antes que alguns pensem que estou reclamando de uma coisa não tão grave, vamos pensar um pouco. Imagens para campanhas publicitárias custam muito caro. Quem trabalha com fotografia sabe que os custos envolvidos nesse tipo de atividade são altíssimos. Comprar fotos de um banco de imagens, embora possa ser mais barato, também possuí um custo e o direito de uso das imagens é por tempo limitado e estipulado em contrato. Em contrapartida, existem milhares de fotógrafos amadores espalhados pelo mundo fazendo imagens fantásticas e de diversos locais e que não possuem a mínima idéia de que seu trabalho pode valer algum dinheiro. Juntamos a tudo isso uma empresa esperta que não quer gastar uns trocados e prefere se apropriar do trabalho dos outros com cláusulas abusivas e prometendo que sua imagem vai ser mostrada para milhões de pessoas no mundo através de seus produtos.

Alguns podem achar que o pagamento oferecido por seu trabalho (o fato de aparecer na home Page do Bing) é bom, mas no fundo não deixa de ser mais uma afronta a quem leva qualquer atividade intelectual a sério. Ainda mais vindo de uma empresa que sofre tanto com a pirataria como a Microsoft.

Bing-Photo-Contest

Fonte: Photography Bay

relacionados


Comentários