Meio Bit » Baú » Internet » Google diz adeus ao Gears em prol do HTML 5

Google diz adeus ao Gears em prol do HTML 5

02/12/2009 às 12:32

O Google não dorme no ponto. Quando a empresa percebeu, ou quis mostrar ao mundo que seus web apps podem mesmo substituir as aplicações locais que usamos há décadas, tratou de criar uma solução para o talvez maior problema desse modelo: acesso offline. Surgiu, assim, o Gears.

O Google Gears, presente nativamente no Chrome e mediante plugin no Firefox e Internet Explorer, é uma avançada ferramenta que, através de bancos de dados criados localmente, faz cache de dados que, sem ele, permaneceriam apenas na nuvem. Há duas vantagens no uso do Gears: 1) web apps mais rápidos, com a cópia para o PC de arquivos pesados e/ou muito usados no site em questão (WordPress); e 2) possibilitar o uso offline de web apps que armazenam dados, muitos dados, na nuvem (Gmail e Reader, para ficarmos em dois exemplos).

google-gears É por essas vantagens que muita gente estranhou o fato do Google não ter citado o Gears durante a apresentação do Chrome OS. Afinal, ele cai como uma luva na proposta do sistema operacional, que sem Internet, terá suas funções bastante reduzidas.

A estranheza acabou, porém. O Los Angeles Times informa que existe uma razão para o Google ter encostado o Geas, e essa razão se chama HTML 5. Muitas das características do Gears está presente na próxima revisão da linguagem de marcação que é a base da Internet. E como se trata de um padrão aberto, ao alcance de todos os navegadores, o Google preferiu abandonar o Gears em prol do HTML 5.

Um porta-voz da empresa escreveu o seguinte e-mail para o LA Times:

“Estamos empolgados com o fato de que a tecnologia existente no Gears, incluindo suporte offline e APIs de geolocalização, estão sendo incorporadas nas especificações do HTML 5 como um padrão aberto suportado por todos navegadores, e também vemos que esse é o próximo passo que desenvolvedores devem dar [incluir tais características em seus sites].”

O único problema é o buraco que ficará durante a transição. O HTML 5, embora já esteja parcialmente em uso em alguns navegadores modernos, não foi finalizado. Para piorar, o Chrome para Mac OS X virá sem suporte ao Gears, não por preguiça o incompetência do Google, mas sim porque o Snow Leopard não permite a incorporação da tecnologia de uma maneira viável. Isso, aliás, colaborou para que o Google focasse no HTML 5, ao invés de continuar investindo no Gears.

relacionados


Comentários