Meio Bit » Arquivos » Internet » Vermelho contra a AIDS

Vermelho contra a AIDS

01/12/2009 às 17:10

Hoje, dia 1º de dezembro (é, o tempo corre…), é celebrado o dia mundial de luta contra a AIDS, vírus que matou, só em 2008, dois milhões de pessoas. A AIDS, abreviação de Acquired Immune Deficiency Syndrome, foi descoberta em 1981, ataca o sistema imunológico da pessoa deixando-a extremamente fraca para lutar contra outros tipos de doença. Estima-se que, hoje, cerca de 33,4 milhões de pessoas vivam com a doença no mundo inteiro, graças à ajuda de coquetéis que bloqueiam o avanço da doença, que, infelizmente, ainda não tem cura.

Uma das iniciativas mais bacanas na luta contra essa terrível doença é o Product (RED), idealizada por Bono Vox (do U2) e Bobby Shriver, com o intuito de arrecadar fundos para deter o avanço da AIDS, Tuberculose e Malária na África, continente que mais sofre com tais doenças. A ideia dos caras é bem interessante: eles licenciam a marca para empresas comuns, e essas criam versões especiais, os tais products (RED), com a contrapartida de reverterem parte do lucro para a causa.

Microsoft, Dell, Apple, Starbucks, Gap, American Express, e agora, Nike, são apenas algumas das empresas que já aderiram e lançaram produtos (RED). Hoje, para celebrar o dia mundial de combate à AIDS, a iniciativa ganhou mais força, e apareceu em sites conhecidos mundialmente.

O Twitter literalmente pintou-se de vermelho, e chamou os usuários do serviço para o perfil @joinred. Os termos mais populares do dia, medidos pelo serviço, são todos relacionados à AIDS.

Twitter - Google Chrome

Outra jogada bacana do Twitter é que, ao escrever um tweet com a tag #red ou com a palavra aids, a mensagem fica vermelha.

red-vermelho-twitter-20091201

O Facebook foi menos radical, mas dedicou uma página, com bastante destaque, à causa, dentro do site, e oferece imagens de exibição vermelhas e um vídeo para ser espalhado.

O Google traz um link singelo abaixo do campo de busca que leva a esta página, onde há uma lista para sites com informações e que recebem doações para ajudar na luta contra a AIDS. Dos três sites citados, é o único sem envolvimento com o site Product (RED), embora esse esteja listado na página especial. Curiosamente, não há doodle hoje, e a versão brasileira sequer traz o link existente na americana.

google-aids-2009-1201

A mídia sempre reforça o recado, e hoje você o verá/lerá/ouvirá em vários lugares. Todos nós o conhecemos, mas ainda assim, não custa nada repeti-lo: protejam-se.

Fontes: Mashable e Avert.

relacionados


Comentários