Meio Bit » Baú » Ciência » Pepino espacial: NASA cancela missão de astronauta negra e é acusada de racismo

Pepino espacial: NASA cancela missão de astronauta negra e é acusada de racismo

Olha o tamanho do pepino. Uma astronauta foi retirada da escala pra uma missão na estação espacial. A NASA não deu motivos (nunca dá) mas o irmão da astronauta está acusando a agência de racismo e sexismo e exigindo via petição online que ela volte pra escala!

23/01/2018 às 10:30

Eu vou contar um segredo: tem uma coisa que a NASA odeia mais do que Desmontagens Rápidas Não-Programadas de foguetes, e são escândalos. Imagine todos aqueles nerds certinhos tendo que lidar com barracos típicos de um bom cortiço.

Eles tremem. E aí não perdoam ninguém.

1916dbeeb7b62b6bcd9e49474ef2db7a-archer-quotes-sterling-arche

No vôo da Apollo 15 os astronautas levaram 398 cartões de selos postais que seriam revendidos, e não avisaram ninguém. Quando a NASA soube fez um escândalo, a coisa chegou no Congresso e foram investigados pelo Departamento de Justiça. A conclusão foi que não fizeram nada ilegal mas violaram regras da NASA.

David Scott, comandante da missão estava treinando para o vôo Apollo-Soyuz, nunca mais voou. Alfred Worden foi transferido pra uma posição burocrática e James Irwin foi gentilmente convencido a dar baixa da Força Aérea e a se demitir da NASA.

Por causa de pedaços de papel.

800px-apollo_15_flown_cover

Sempre que possível eles tentam resolver os problemas com astronautas internamente, só que agora essa postura saiu pela culatra: Jeanette Epps é engenheira aeroespacial e astronauta. Seu primeiro vôo estava marcado para meados de 2018, mas subitamente ela foi retirada da escala, e substituída por Serena M. Auñón-Chancellor.

Mudanças de última hora acontecem, mas são bem raras, em geral envolvem problemas de saúde ou decisões pessoais, em comum sempre a NASA não comenta.

Só há um problema: Jeanette é negra.

NASA / astronauta Jeanette Epps

Em tempos politicamente corretos, qualquer decisão envolvendo minorias sofre duplo escrutínio, por mais que uma engenheira aeroespacial da NASA não seja o que eu considere “minoria oprimida”.

Ela não está falando sobre o caso, mas seu irmão criou uma petição online (isso sim vai resolver!) acusando a NASA de racismo, dizendo que Jeanette está lutando contra racismo e misoginia dentro da NASA e por isso está sendo punida.

Que a NASA já foi extremamente racista não é novidade, nem precisa assistir Hidden Figures pra entender isso (mas assista de qualquer jeito), mas partindo do princípio que a dra. Mae Jamison voou no ônibus espacial em 1992 (e na USS Enterprise em 1993), acho que a NASA já aceitou a ideia de astronautas negras.

palmer_2369

Essa história ainda vai dar muito pano pra manga, e pior: fará com que a NASA pense duas vezes antes de escalar astronautas que façam parte de alguma minoria, pois se toda decisão técnica for questionada com acusações de racismo e revertida com petições, vai ficar difícil gerenciar uma agência espacial assim.

Fonte: Black America Web.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários