Meio Bit » Baú » Internet » Michael Jackson e Twitter, os reis (das buscas) de 2009

Michael Jackson e Twitter, os reis (das buscas) de 2009

30/11/2009 às 15:46

Ainda falta pouco mais de um mês para dizermos adeus a 2009, mas a Microsoft já liberou o top 10 do Bing, sua “máquina de decisões”, aka buscador. Curioso que, além de liberar tais informações desconsiderando dezembro, não se sabe se foram incluídos no balanço o período anterior ao lançamento do Bing, ocorrido em junho. Antes disso, o serviço respondia pelo nome de Live Search.

O termo mais buscado lá, em 2009 (ou parte de), foi Michael Jackson, ícone pop que faleceu no dia 25 de junho. Ele, aliás, não foi o único falecido a figurar no ranking; Patrick Swayze (#6) e Farrah Fawcett (#5) também constam na lista.

O único serviço/empresa que aparece no ranking é o Twitter (#2), mais uma prova de que 2009 foi o ano dele. A gripe suína, que causou pânico, atrasou o calendário de escolas e faculdades, e infelizmente ocasionou muitas mortes, foi o #3 termo mais buscado no Bing.

twitter-mj-20091130

Nas demais posições, tivemos:

  • #10: Jaycee Dugard, garota sequestrada em 1991, e finalmente encontrada em agosto;
  • #9: Billy Mays, ao que consta, o equivalente ao rapaz Bombril dos Estados Unidos;
  • #8: Jon e Kate Gosselin, ex-estrelas de Jon and Kate Plus 8, por ocasião da destruição pública de seu casamento; e
  • #7: Cash for Clunkers, programa do governo americano que subsidiou a troca de carros antigos e beberrões por novos mais econômicos.

Quase que simultaneamente à estatística do Bing, o Global Language Monitor, que monitora tendências do idioma inglês, publicou o relatório de 2009. A palavra campeã foi Twitter, seguida de Obama (#2), H1N1 (#3), Stimulus (#4) e Vampire (#5). Michael Jackson também aparece nesse ranking: a frase mais propagada do ano foi sua alcunha mais famosa, “King of pop” (Rei do pop).

Duas coisas se destacam disso tudo: 1) a comoção que a morte de Michael Jackson causou; e 2) o avanço das mídias sociais ao mainstream. Afinal, além de Twitter ter sido a palavra mais escrita do ano na Internet, “unfriend” foi escolhida a palavra do ano pelo Dicionário Oxford.

Fonte: Mashable (2).

relacionados


Comentários