Meio Bit » Arquivos » Fotografia » Casio Exilim EX-FH25 e EX-FC 150

Casio Exilim EX-FH25 e EX-FC 150

17/11/2009 às 18:37

Já tínhamos discutido por aqui a tendência dos grandes fabricantes em estarem apostando suas fichas nos chamados sensores CMOS Retroiluminados. Muitos estão divulgando futuros lançamentos e outros que estão investindo em pesquisas dentro dessa nova tecnologia. Quem entrou na dança agora foi a Casio com um anúncio obscuro sobre o lançamento de duas novas câmeras usando a tecnologia.

Embora não tenha uma grande penetração no mercado de câmeras fotográficas, já tive a oportunidade de brincar com alguns modelos da empresa e, surpreendentemente, são câmeras com qualidade. Os dois novos modelos que chegam ao mercado possuem direcionamentos diferentes em relação aos consumidores. Infelizmente, o aviso oficial trás poucas informações. O que sabemos é que a Exilim EX-FH25 conta com um sensor CMOS retroiluminado de 10 megapixels e vai contar com uma lente com 20x de zoom ótico (equivalente a uma 26-520mm no formato 35mm). As características de fotos em modo contínuo seguem a mesma metodologia dos modelos anteriores da marca. A câmera pode fazer 40 fotos por segundo usando a definição de 9 megapixels (se for igual aos outros modelos ela só faz as 40 fotos em um segundo. Não sei muito bem a utilidade disso) e pode gravar vídeos com a taxa de 1000 fotogramas por segundo na definição de 226x64 pixels (outra coisa muito útil).

Já a Exilim EX-FC 150 é um modelo compacto com 5x de zoom ótico (equivalente a uma 37-185mm no formato 35mm) e sensor CMOS retroiluminado de 10 megapixels. Com relação à velocidade de captura de fotos contínuas e gravação de vídeo, as configurações são iguais às encontradas na EX-FH25. Infelizmente, todas as informações oferecidas pela empresa sobre essas duas novas câmeras param por aqui. Preços e datas de lançamento não foram divulgados. Não sei o que se passa pela cabeça do responsável pela divulgação de um novo produto ao liberar apenas informações que podem gerar mais críticas do que elogios.

Para quem não sabe do que estamos falando, o sensor retroiluminado será uma dessas características que logo se tornarão senso comum em todas as câmeras. Quem primeiro desenvolveu a tecnologia foi a Sony ao ter uma idéia que agora parece simples. Ao inverter o posicionamento dos circuitos do sensor CMOS, a tecnologia garante que uma maior quantidade de luz atinja a área de captação de luz melhorando assim a qualidade da imagem e diminuindo a quantidade de ruído em fotos com baixa iluminação. Isso vai permitir que câmeras compactas e celulares avançados possam usar sensores CMOS de melhor qualidade e com baixo consumo de energia e um preço mais justo, isso em relação aos sensores CCD.

casio exilim EX-FH25

Fonte: Foto Actualidad

relacionados


Comentários