Meio Bit » Baú » Miscelâneas » 28 mil ingleses ainda possuem TVs P&B

28 mil ingleses ainda possuem TVs P&B

15/11/2009 às 14:20

Sim, em plena era da TV Digital, HDTV, Internet, etc, ainda existe gente com TVs monocromáticas.

Explicando: Muito tempo atrás, em um passado distante existia algo chamado... TELEVISÃO. A geração atual pode achar difícil de acreditar, mas não assistíamos nossas séries e programas na hora que desejávamos, éramos presos ao que as emissoras chamavam de... GRADE.

Emissoras eram entidades físicas que detinham um espaço de espectro e transmitiam programas. É, você não assistia CSI ou Big Bang Theory, você assistia um CANAL que passava aquele programa.

Os antigos monitores de vídeo, com receptores integrados de sinais de rádio eram chamados... televisores. Inicialmente nem coloridos eram, a imagem vinha apenas em tons de cinza, como na tela dos celulares de nossos avós. Qual um Modo XP do Windows 7, a televisão colorida precisou manter a compatibilidade com esse sinal, o que explica muito da patética qualidade das transmissões coloridas, seja em NTSC (Never The Same Color) ou mesmo o europeu SECAM (Something Essentially Contrary to AMerica).

Na Inglaterra, país conservador por natureza, a transição para o digital ainda levará tempo, o que significa que os 28000 aparelhos P&B existentes ainda serão bem usados. O que impressiona é que eles ainda funcionem, em nosso tempo de eletrônicos descartáveis, aparelhos com mais de 30 anos ainda inteiros são um feito.

Ah sim, a pesquisa não foi feita por amostragem, são dados precisos. Na Inglaterra existe uma taxa anual de uso de TV. Isso mesmo, cada aparelho é taxado em £139.50, ou R$400,00. E fiscalizam, rodam com vans pelas cidades detectando aparelhos ligados, se uma residência tem mais aparelhos do que declara, é multada.

Bem, pelo menos financia a BBC, se fosse aqui iria pro Datena...

Fonte: The Telegraph

Nota: Fuçando meu armário descobri que EU também tenho uma TV P&B, é uma daquelas miniatura, alimentada por pilhas, faz parte do kit de emergência que Sarah Connor ensinou que devemos sempre manter preparado.

relacionados


Comentários