Meio Bit » Arquivos » Games » Blizzard fala sobre resgatar séries Blackthorne e The Lost Vikings

Blizzard fala sobre resgatar séries Blackthorne e The Lost Vikings

Funcionário da Blizzard diz que empresa vive conversando sobre a possibilidade de ressuscitar algumas das suas franquias mais antigas, entre eles a Blackthorne e a The Lost Vikings.

06/11/2017 às 8:32

blackthorne

Quando falamos na Blizzard, a maioria das pessoas logo lembra das séries StarCraft ou Warcraft e talvez seja até uma surpresa para um público mais novo saber que existia vida na desenvolvedora antes destas franquias. Pois além de existir, ela era boa e deixou saudades.

Com o estúdio tendo mostrado recentemente que está disposto a manter vivos alguns dos seus jogos mais antigos, o designer chefe Matt Morris foi questionado durante a Blizzcon 2017 sobre se eles pretendem cavar ainda mais fundo no portfólio da empresa e sua resposta foi um tanto animadora. Confira:

Eu falo bastante sobre o Balckthorne. Parte do que o Classic Games está fazendo é pegar alguns desses jogos que estão um pouco danificados e trazê-los de volta, mas existem até jogos do passado como o Lost Vikings e Rock n' Roll Racing. Existem alguns excelentes jogos que seria ótimo reintroduzí-los de alguma maneira no mercado. Não sei se temos resposta para isso, mas conversamos bastante sobre o assunto.

Como aparentemente não existe nenhum projeto relacionado a estes jogos sendo desenvolvido, provavelmente ainda demorará um pouco até um dia vermos a volta de um Blackthorne, um The Lost Vikings ou um Rock n' Roll Racing. Eu só fico pensando se a ideia de voltar a explorar tais séries seria com a criação de novos capítulos, porque os três jogos citados por Morris já foram disponibilizados pela empresa.

Bom, o grande problema aqui é que mesmo ressuscitar esses títulos através de remasterizações poderá ser uma tarefa bastante complicada. De acordo com o sujeito, relançar o StarCraft fez com que eles tivessem que submeter o clássico a engenharia reversa para poderem recuperar alguns arquivos e mesmo “decifrar” o código fonte foi um trabalho árduo, já que muitos profissionais que trabalharam na criação do original hoje ocupam cargos diferentes na companhia.

Já em relação a possibilidade de o Diablo II e o Warcraft III receberem o mesmo tratamento que foi dado ao StarCraft Remastered, o produtor sênior Peter Stilwell disse que isso só acontecerá depois que ambos os jogos passarem a ser considerados perfeitos. Para ele, tanto um quanto o outro ainda precisam de melhorias e no caso do RPG, por exemplo, o placar online de pontuação está repleto de hackers, o que faz com que uma remasterização perca o sentido.

Tudo isso reforça a ideia de que poucas desenvolvedoras podem ser comparadas à Blizzard quando se trata do cuidado com suas criação, afinal estamos falando de um estúdio preocupado com jogos que foram lançados há mais de 15 anos.

Fonte: PCGamer e PCGamesN.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários