Meio Bit » Arquivos » Mobile » Google anuncia Google Maps Navigation para Android 2.0 e derruba ações de concorrentes

Google anuncia Google Maps Navigation para Android 2.0 e derruba ações de concorrentes

29/10/2009 às 19:45

Smartphone com GPS é meio inútil se você não tem um programa que faça a ponte entre o recurso e você mesmo, ou seu (ausente) senso de direção. Sabendo disso, as empresas que mantêm esses programas em seus portifólios apelam, cobram obscenidades pelos seus produtos, e os usuários, sem outras opções, acabam pagando.

O aplicativo da TomTom para iPhone custa a bagatela de U$ 50,00. A Nokia, cobra € 49,99 por ano. E por aí vai. Não é um negócio barato, embora nas grandes cidades seja de extrema utilidade, e na maioria dos casos, valha a pena.

Mas, melhor do que algo útil, porém pago, é algo útil e grátis. Todos concordam, inclusive o Google, detentor do Google Maps e Android. Um é o serviço de mapas na Internet mais usado de que se tem notícia, o outro, sistema operacional para celulares prestes a ganhar uma nova versão. Ligou as duas coisas?

É isso mesmo: no Android 2.0, o Google trará o Google Maps Navigation, um programa de GPS com navegação ponto a ponto, aquele mostra o caminho, no mapa, em tempo real. Detalhe: o programa será gratuito. O impacto dessa mini-revolução no segmento dos GPS para smartphones foi sentido imediatamente pela TomTom e Garmin, duas empresas que praticamente dominam(vam?) essa área. Ontem, algumas horas após o anúncio, as ações de ambas já apresentavam quedas absurdas, de 16% (Garmin) e 21% (TomTom). O gráfico seria hilário se não fosse trágico – especialmente para os acionistas:

tomtom-garmin-acoes-google-20091029

E pensar que a Nokia, que já faz algum tempo ensaia uma investida semelhante, perdeu a oportunidade de sagrar-se pioneira no oferecimento de uma solução GPS totalmente grfatuita para smartphones

Não bastasse o fato de ser grátis, o Google Maps Navigation é de cair o queixo. Tem um “problema”, especialmente no Brasil: conexão constante à Internet. Mas esse requisito tem lá suas vantagens, pois graças a essa ligação initerrupta com a Internet, alguns recursos bacanas, como tráfego ao vivo, eventos e exposições em locais como museus, dentre outros, tornam-se possíveis.

Ele ainda aceita comandos por voz, visualização de imagens de satélite, e (sente na cadeira, se estiver de pé) Street View! A imagem abaixo não é meramente ilustrativa; aquilo é possível no novo Google Navigation.

google-maps-navigation-1-20091029

Não há muito a dizer… O vídeo abaixo mostra vários dos principais recursos do aplicativo. Na sequência, mais imagens da interface do programa. O primeiro smartphone a chegar ao mercado com Android 2.0 será o Motorola DROID, cujo lançamento está previsto para 6 de novembro, nos EUA.

Fotos:

google-maps-navigation-2-20091029 google-maps-navigation-3-20091029 google-maps-navigation-4-20091029 google-maps-navigation-5-20091029

Fonte: TechCrunch (2).

relacionados


Comentários