Meio Bit » Baú » Games » Team Dignitas monta equipe de PlayerUnknown's Battlegrounds

Team Dignitas monta equipe de PlayerUnknown's Battlegrounds

Podendo ser descrito como uma das maiores equipes de eSports do planeta, o Team Dignitas anunciou a criação de um time para disputar campeonatos de PlayerUnknown's Battlegrounds e com isso o jogo da Bluehole ganha mais força na modalidade.

09/10/2017 às 10:05

pubg

Com quase dois milhões de pessoas tendo jogado simultaneamente no final de semana e mais de 13 milhões de cópias tendo sido vendidas, o sucesso e a própria estrutura do PlayerUnknown's Battlegrounds parecem ser perfeitos para os eSports. E é de olho nesta oportunidade que uma das equipes mais famosas do mundo tratou de montar um time para competir no título da Bluehole.

Para esta tarefa o grupo contará com o inglês Peter “suntouch” Logan, o tcheco Martin “spajKK” Beneš, o francês Florian “Liquidz” Bruyere e o dinamarquês Asger “ZiphoN” Storgaard Høffner, com previsão deles participarem dos principais torneios que forem realizados daqui em diante, como a Auzom Premier League e a IEM Oakland Invitational.

Fundado em 2003, ao longo dos anos o Team Dignitas contou com equipes dedicadas a diversos títulos, desde Counter-Strike: Global Offensive até Overwatch, passando por jogos de luta, League of Legends e Heroes Of The Storm. O interessante é que os donos do time são os mesmo que controlam o Philadelphia 76ers, o New Jersey Devils e que ainda possuem 18% do Crystal Palace, tradicional clube de futebol que disputa a primeira divisão da Inglaterra.

Ou seja, o simples fato de pertencer a um conglomerado multimilionário já serve para mostrar o tamanho do Team Dignitas, que certamente não entrará para o PlayerUnknown's Battlegrounds apenas para fazer figuração. Quanto a investida, é fácil explicar. Há alguns meses a ESL realizou um campeonato para o jogo onde US$ 350 mil foram distribuídos, a tendência é que as premiações se tornem cada vez maiores.

O mais impressionante neste interesse que o PUBG tem despertado é que estamos falando de um jogo que ainda nem possui uma data específica para sair do status de Early Access e como ele ainda aparecerá nos consoles, tudo leva a crer que o ápice da sua popularidade ainda está longe de ser alcançado. Eu até nem acho que o jogo conseguirá chegar a meta sonhada pelo seu criador, que seria de 100 milhões de jogadores por mês, mas que o jogo ainda crescerá bastante, não tenho dúvida.

Enquanto isso, continuo por aqui resistindo à vontade de comprar uma cópia do PlayerUnknown's Battlegrounds e já decidi que só farei isso quando ele aparecer nos consoles.

Fonte: eSports News UK.

relacionados


Comentários