Meio Bit » Baú » Indústria » MoviStar: por uma nova Telefônica!

MoviStar: por uma nova Telefônica!

26/10/2009 às 0:09

Imaginem a situação: você está no lugar errado, na hora errada e então é acusado de um crime que só você acha que não cometeu.

Assim que você tem a oportunidade de escapar de seus acusadores, o que você faria para que outras pessoas também não o persigam em outros lugares? Que tipo de atitude, de ação você tomaria para se esconder de tais acusações e levar uma vida aparentemente normal?

Laguna_TeleFugitive

Hey, tio Laguna, uma boa idéia inicial seria mudar o nome, não?

Bom, coincidências meramente fictícias e fantasiosas à parte, a amada operadora “TelecômicaTelefônica mudará o nome para MoviStar em todos os serviços, incluindo telefonia fixa, móvel e acesso à internê.

Tal decisão, da operadora espanhola, será posta em prática primeiro no Chile, onde a telecom espanhola já havia mudado la Compañía de Teléfonos de Chile para algo como Telefónica Chileña ou coisa parecida no processo de privatização, durante a era Pinochet.

A MoviStar era uma empresa de telefonia móvel cuja infra-estrutura, na América Latina, era provida pela BellSouth, braço latino-americano da AT&T.

Laguna_TelecomicaMS_25out2009

Quando a MoviStar chegou à Espanha, a Telefônica tratou logo de eliminar adquirir a possível concorrente, que também já havia se estabelecido, com a marca O2, em outros países do velho continente.

E foi assim que a Telefônica expandiu os negócios para a América Latina, sem enormes investimentos adicionais...

Voltando ao Chile, a mudança do nome será bastante vantajosa: a MoviStar atuava como a subsidiária de telefonia móvel da Telefônica no Chile. E essa MoviStar era tida como uma das melhores empresas para se trabalhar naquele país.

Será que uma mudança dessas, no nome da empresa, surtiria algum efeito benéfico aos clientes brasileiros?

Eu não sei, mas o nome MoviStar me parece mais agradável aos ouvidos, principalmente se estiver longe da GVT.

[Mis especiales agradecimientos al F. Figueroa Fagandini de lo weblog FayerWayer.]

relacionados


Comentários