Meio Bit » Baú » Games » Steam deveria se separar da Valve

Steam deveria se separar da Valve

09/10/2009 às 10:13

Não sei não, mas ao conceder uma entrevista ao site Maximum PC, Randy Pitchford pode ter arrumado uma bela briga com muitos jogadores, principalmente alguns que costumam ler o Meio Bit Games e são fãs inveterados da Valve. Caso não se lembre, o sujeito é a a mente por trás da Gearbox, estúdio que iniciou suas atividades trabalhando justamente na criação de expansões para o primeiro Half Life e que recentemente disse que conquistas fáceis vendem mais jogos.

O problema é que ele deu algumas opiniões sobre a dona do Steam, justamente criticando o fato do principal serviço de distribuição online para PC pertencer a uma produtora o que os torna competidores. Segundo Pitchford, isso acaba gerando muitos conflitos de interesse e está tornando a situação muito perigosa para toda a indústria.

O executivo disse ainda que o serviço é muito bom para os consumidores, mas concluiu fazendo uma dura acusação, de que embora o Steam não seja um problema para os grandes estúdios, ele explora de uma forma injusta muitos desenvolvedores pequenos.

Particularmente admiro muito o que o serviço faz, levando jogos baratos a muitas pessoas, principalmente no Brasil onde eles são tratados como artigo de luxo e posso confirmar isso através dos emails que recebo de pessoas me agradecendo por os terem incentivado a abandonar a pirataria, porém, o ponto de vista do Sr. Pitchford parece bem fundamentado. A Valve desistirá do Steam? Óbvio que não, mas a declaração do sujeito acaba nos fazendo pensar um pouco sobre ética.

dori_gb_09.10.09

relacionados


Comentários