Meio Bit » Baú » Cultura » Enter Sandman — 26 anos depois

Enter Sandman — 26 anos depois

E o vídeo de Enter Sandman do Metallica está completando 26 anos. Vamos rever este grande marco da carreira do grupo que foi responsável pela sua popularização.

02/08/2017 às 8:03

metallica-enter-sandman-634x416

São essas pequenas coisas que nos mostram como o tempo passa e você vai ficando velho. O clipe de Enter Sandman, do Metallica, está completando “apenas” 26 anos de idade. A música faz parte do megaplatinado disco conhecido como Black Album e, como todas as músicas deste trabalho, dividiu opiniões e ainda causa polêmicas entre os fãs mais antigos da banda.

O Metallica surgiu como uma banda pesada no longínquo ano de 1981. Lançou 3 álbuns que foram verdadeiras pedradas no mundo da música pesada e se caracterizou por ser uma banda que nunca havia lançado discos parecidos. Até o quarto disco (...and justice for all), o fã nunca sabia o que esperar do Metallica. Apenas sabia que era coisa boa. Mesmo sendo um dos pilares sagrados do Thrash Metal, ainda faltava um reconhecimento monstro da mídia.

Nesse momento que a coisa começa a ficar estranha. O Black Album é muito mais suave do que os trabalhos anteriores da banda. As músicas são mais melódicas, mais fáceis de serem digeridas e muito mais pop. Mas, isso não é uma critica negativa. Quem sou eu para julgar o direcionamento musical de uma banda desde que seja de boa qualidade? E o Black Album tem muita qualidade. Várias músicas com energia, muito ritmo para bater cabeças e hinos eternos do Heavy Metal.

Enter Sandman é apenas o segundo video clipe da banda. Uma tentativa de entrar no mundo da MTV e ter um reconhecimento mundial. E foi isso o que aconteceu. Enter Sandam é uma música quase perfeita. Independente de se a banda traiu ou não os fãs antigos (uma acusação vigente até hoje), o que importa é que a música é dançante e te faz mexer o esqueleto. Vieram outros clipes do mesmo disco, mas esse é o mais marcante.


Metallica - Enter Sandman [Official Music Video]

Não tinha MTV aqui na minha cidade (TV a cabo era coisa de ficção científica para mim), mas tínhamos a Rede Record e o programa Kliptonita do Sérginho Caffé que aos sábados possuía a versão pesada chamada Kliptometal. Único lugar onde podíamos ver todos os clipes do Metallica, além de Kiss, Iron Maiden e Ramones.

Até o momento o Black Album vendeu mais de 16 milhões de cópias apenas nos Estados Unidos. Diria que é um álbum bem sucedido.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários