Meio Bit » Baú » Indústria » Os andróides chegam ao Brasil

Os andróides chegam ao Brasil

18/09/2009 às 20:45

Ontem a HTC apresentou o HTC Magic, primeiro aparelho da empresa com Android a ser vendido no Brasil. Em termos de hardware, o Magic é bem servido: Tem tela de 3.2" com touchscreen capacitivo (o mesmo tipo do iPhone), 3G, WiFi, GPS, câmera de 3.2MP com foco automático, processador de 528MHz, 288MB de RAM e 512MB de ROM.

Por aqui, ele virá com a interface HTC Sense, que estreou no Hero. O Brasil será o único país (ao menos por enquanto) a ter o Magic com esta interface. No exterior, onde o aparelho é vendido há tempo, ele vem com a interface padrão do Android.

O HTC Sense é baseado em três princípios: Make it Mine (você personaliza o seu telefone como quiser, em 7 telas para colocar widgets), Stay Close (gerencia sua comunicação, agregando voz, SMS e e-mails, além das contas do Facebook, Flickr e Twitter) e Discover the Unexpected (alguns detalhes e "surpresas" que melhoram a experiência com o aparelho, bem a lá Apple). Além disso, o navegador do Magic brasileiro suporta Flash, o que é muito bem vindo para alguns.

Pude brincar um pouco com um Magic, ainda rodando uma versão interna do software (com os dizeres "HTC Confidential" em todas as telas), e ele é bem surpreendente. Primeiro pelo peso. As fotos do aparelho me davam a impressão de que ele era bem gordo, mas ele é muito leve.
Segundo pelo conjunto da interface e da tela. O Magic responde tão bem aos toques quanto o iPhone, coisa rara de se ver.

O Magic deve chegar as lojas em Outubro, mas infelizmente a HTC não fala sobre preços, dizem que dependem dos acordos com as operadoras e não podem falar nada. Mesmo quando perguntados sobre o preço sem subsídios de alguma operadora, não falam nada.

Enquanto isso, ainda ontem, a Samsung anunciou que o Galaxy, também com Android, estará a venda já na semana que vem, sendo assim o primeiro Android do Brasil, por chegar antes nas lojas. O preço sugerido dele é de R$1799, que deverá ser o valor cobrado pelo aparelho desbloquado ou nos planos pré-pago. As especificações dele são bem parecidas com a do Magic, a diferença é que o Galaxy tem câmera de 5MP, tela AMOLED, saída para fones de 3,5mm e 8GB de armazenamento, apesar de usar a interface padrão do Android.

O Android Market, a loja de aplicativos do sistema, está presente nos dois aparelhos, mas oferecerá apenas alguns poucos aplicativos gratuitos. Como por enquanto o Open Handset Alliance, consórcio responsável pelo Android, não está presente no Brasil, nada de aplicativos pagos para nós.

relacionados


Comentários