Meio Bit » Baú » Ciência » Twitter pode prever vandalismo (ou manifestações democráticas, você decide)

Twitter pode prever vandalismo (ou manifestações democráticas, você decide)

Imagine prever quando uma manifestação se tornará violenta. Parece coisa do Tom Cruise, mas é ciência real. Um grupo de cientistas estudou tweets de uma revolta em Londres e criaram um algoritmo que identificou corretamente quando e se a situação sairia de controle.

26/06/2017 às 17:59

simpsons

Isaac Asimov criou em sua clássica série Fundação o conceito de Psicohistória, uma ciência que combinava História, Sociologia e Matemática para estudar e prever o comportamento de grandes grupos de pessoas. Hoje temos pesquisas mais modestas, mas ao mesmo tempo com muito mais dados do que o velho Asimov jamais sonhou.

As redes sociais são ótimas fontes desses dados, e estão sendo usadas para identificar epidemias, tendências de mídia e agora um grupo da Universidade de Cardiff criou um algoritmo que detecta princípios de caos confusão e distúrbios.

Eles analisaram 1,6 milhão de tweets postados durante as manifestações em Londres em 2011. Os tweets foram mapeados por contexto, conteúdo, localização e tempo. O algoritmo conseguiu determinar quando aglomerações estavam para acontecer, e o princípio de focos de violência.

Mais ainda: o algoritmo conseguiu identificar temporalmente o início dos eventos violentos 1 h 23 min antes da informação chegar até a polícia. Agora imagine como isso seria útil identificando futuros focos de brigas de torcida, disputas coxinhas vs petralhas em passeatas ou bate-bocas de otakus na Animecon.

De certa forma é quase um Minority Report, se esse algoritmo for bom mesmo extrapolará os futuros incidentes (não especificamente, claro) antes que aconteçam. Pode ser usada para o mal? Claro que pode, mas até bacon pode ser usado de forma maligna. Os benefícios aqui superam em muito os riscos.

Fonte: Alphr.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários