Meio Bit » Baú » Fotografia » Fotógrafo sendo fotógrafo em qualquer lugar do mundo

Fotógrafo sendo fotógrafo em qualquer lugar do mundo

Marca brasileira de roupas esportivas se enrolou nos Estados Unidos ao fazer uma sessão de fotos em local proibido.

23/06/2017 às 8:00

Olha só que história bacana. Eu não tinha ideia disso, mas existe uma fábrica brasileira de roupas para a prática de Yoga chamada Liquido Active. Segundo o site da empresa (em inglês) a coisa toda começou em 2001 com uma pequena loja no Brás e, atualmente, eles são internacionais. Quase toda foto de divulgação das roupas no site são de mulheres belíssimas fazendo Yoga em locais exuberantes, quase sempre em paisagens naturais.

Pois bem, semana passada a marca de roupas se envolveu em um escândalo quando publicou a foto abaixo no seu Instagram. A nova campanha da empresa levou uma equipe de fotografia e modelos para serem fotografadas fazendo Yoga no Hanging Lake no Colorado. E qual o problema disso? Simples, é terminantemente proibido entrar no lago.

O Hanging Lake é um lago de 1,5 acres no Colorado, que foi formado por uma falha geológica, fazendo com que o leito do lago caísse do vale acima. As águas são turquesa brilhante, devido aos minerais de carbonato dissolvidos na água. A borda do lago é construída a partir de carbonatos dissolvidos que são depositados na costa à medida que a água flui. Os óleos corporais na água param esta deposição. Por isso que o local é muito bem sinalizado sobre a proibição de entrar na água.

Depois que a foto foi publicada um turbilhão de reclamações inundaram os comentários da imagem e o Serviço Florestal dos EUA já enquadrou com multas tanto o fotógrafo quanto as modelos. A dona da empresa, Renata Facchini, estava presente durante o ensaio e alegou inocência. Ela afirmou que não viu nenhuma placa de aviso sobre a proibição, tipo essa:

Depois de todo o rolo eles colocaram uma desculpa oficial no Facebook admitindo a culpa e até fazendo uma doação para conservação do local. Já discuti aqui em outras ocasiões sobre a atitude de fotógrafos e videomakers se acharem especiais e poderem romper qualquer regra para realizar o seu trabalho. Infelizmente isso acontece independente da nacionalidade do cidadão.

relacionados


Comentários