Meio Bit » Baú » Filmes e séries » Estúdio descobriu — para tristeza da Netflix — que bandidos não têm honra

Estúdio descobriu — para tristeza da Netflix — que bandidos não têm honra

Lembram do caso dos episódios de Orange is the New Black, que hackers roubaram e ameaçaram divulgar se não fosse pago resgate? Agora revelaram que o resgate foi pago. Valendo uma mariola imaginária, adivinhe o que aconteceu em seguida…

21/06/2017 às 20:37

tonhao-tv-pirata

“Se o Pica-Pau tivesse procurado a polícia nada disso teria acontecido”

A frase do clássico desenho é mais que correta: infelizmente as pessoas sempre se desesperam, em vez de apelar para o pensamento racional. Por isso coisas idiotas como o golpe do sequestro funcionam tão bem. Pessoas choram e correm para pagar os resgates sem sequer perguntar o NOME da “vítima” em “desespero”, para ver se bate com a do parente que dizem ter sido sequestrado.

Esse comportamento é bem comum e ocorre em todo canto, e foi a ruína dos estúdios Larson.

Eles fazem, ou provavelmente faziam, trabalho de pós-produção sonora para a Netflix, o que significa mixar, ajustar aprimorar diálogos, efeitos, trilha, etc. Um dia um hacker descobriu que eles ainda tinham máquinas rodando Windows 7, aproveitou uma vulnerabilidade e teve acesso à rede da empresa.

Nele o hacker achou vários episódios inéditos de Orange is the New Black, aquela série que o TV Pirata fez antes e melhor. Os episódios foram copiados, apagados e os donos do estúdio começaram a receber mensagens no celular de um tal Dark Overlord.

O grupo hacker exigia US$ 50 mil em Bitcoins, ou disponibilizariam online os episódios.

Os donos chamaram o FBI, que avisou para NÃO PAGAREM. Obviamente o sujeito se desesperou, e mandou os US$ 50 mil pros caras.

Valendo um iPad imaginário, adivinhe o que aconteceu…

Basicamente o estúdio está US$ 50 mil mais pobre e os fãs da série ganharam seus episódios bem antes do tempo.

Avisados foram, mas preferiram achar que um sujeito que invade sua rede rouba seus dados e te chantageia teria honra e palavra. Não funciona assim: em 110% dos casos, o que acontece é que o sujeito volta e chantageia de novo. O pessoal do estúdio Larson saberia disso, se assistisse as séries que edita…

Fonte: The Next Web.

relacionados


Comentários