Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Camundongos que levitam

Camundongos que levitam

12/09/2009 às 2:57

"Levitação magnética de gotas grandes de água e camundongos" é um os títulos e artigos científicos mais divertidos que já vi, junto com "Uma análise da força necessária para se arrastar ovelhas sobre superfícies" (este ganhou até um IgNobel). Neste estudo, publicado na revista científica Advances in Space Research é descrito um mecanismo para fazer gotas de água, e camundongos filhotes, levitar!

O aparato é capaz de gerar campos magnéticos fortíssimos (cerca de 17 tesla) dentro de um cilindro oco. Estes campos magnéticos conseguem gerar forças em alguns fluidos, como a água, que conseguem contrapor a força da gravidade. O pulo o gato foi conseguir manter uma parte de dentro do cilindro à temperatura ambiente, enquanto o campo magnético é gerado em fios a apenas alguns graus acima do zero absoluto. Por causa do campo magnético, a força de repulsão de certos líquidos dentro do cilindro chega a variar de duas gravidades à gravidade zero.

Nos primeiros experimentos, os pesquisadores adicionaram apenas gotículas de água, de alguns poucos milímetros, dentro o cilindro. As gotas começaram a flutuar e se juntar em uma gota maior na região de gravidade zero dentro do tubo. O sucesso do experimento, junto com o tamanho que a gota de água atingia, convenceu os cientistas a tentar algo mais radical: camundongos. A ideia é que a água contida dentro o corpo do animal geraria força o suficiente para levitá-lo.

Na imagem abaixo vocês podem ver um camundongo filhote, de uns 10 gramas, levitando com uma gaiola logo abaixo e, depois, sem a gaiola. De acordo com os cientistas, o camunongo ficou bastante desconfortável com a situação e acabava saindo da posição ideal. No entanto, após sedar o animal e repetir o experimento algumas vezes, o camunongo se aclimatou à situação, chegando até a se alimentar e hidratar durante as 4 horas em que ficou flutuando! O intenso campo magnético não fez mal à saúde do camundongo.

Este experimento demonstra uma forma de se fazer experimentos em microgravidade por longos períodos sem ter que colocar os objetos em órbita. Experimentos para se medir a perda da estrutura óssea na ausência da gravidade, por exemplo, poderiam ser feitos em solo, pelo menos com camundongos. Por enquanto o custo para se fazer um aparato para levitar um humano, ainda mais se for o Cardoso, é proibitivo.

Duvidou? Veja vídeos da técnica sendo utilizada em sapos e gafanhotos.

relacionados


Comentários