Meio Bit » Baú » Miscelâneas » Os primeiros 90 dias numa empresa de TI

Os primeiros 90 dias numa empresa de TI

01/09/2009 às 22:22

Habilidade que ninguém ensina na escola ou na faculdade e a grande maioria sofre: os primeiros 90 dias em um novo emprego/estágio/trabalho na área de tecnologia. Uma empresa é também uma enorme rede social: política, relacionamento, fofocas, alianças, inveja, sexo, traição, pegação, humor e várias outras coisas acontecem, tudo ao mesmo tempo.

A ideia desse post começou com alguns quarks de post no Tweeter.

Então sem demoras, algumas dicas para você sobreviver nos primeiros 90 dias. E lembre-se que não são regras, apenas sugestões. Conselho eu vendo, um dia. 😉

1. Seu gerente não é seu amigo

Para que você se sinta em casa, normalmente os gerentes, coordenadores, líderes adotam uma postura informal com quem é novato. Eles podem, você, não. Por mais que digam para baterem na porta a hora que quiser, interromper quando necessário, matenha a postura de ambiente de trabalho. Chamar o diretor da empresa para beber uma cerveja na hora do almoço na primeira semana não é a melhor forma de mostrar que é um bom profissional.

Brincadeiras e bom humor fazem parte, mas existe hora certa para tudo.

2. Ninguém é seu amiguinho de colégio

No começo, existem colegas. Apenas o tempo dirá se essas pessoas podem virar amigos ou não. Algumas pessoas acham que para serem aceitas precisam contar tudo sobre a vida delas. Ouça mais do que opine. Conheça as pessoas primeiro, pois você vai apoiar e ser apoiado por eles. Não azede o relacionamento logo no começo com problemas pessoais. Conquiste a confiança dos colegas e eventualmente você terá amigos.

3. Adapte-se!

Você pode influenciar mudanças, trazer experiências e ideias novas, mas não force a barra. Lembre-se que as pessoas não gostam de mudanças. Conheça a empresa, a cultura, adapte-se, conquiste aliados e “venda” a sua ideia. Se não der certo, reagrupe e tente outra abordagem.

4. O gerente do meu gerente, é meu gerente também

Não. Se você está numa empresa altamente hierarquizada, primeiro você conversa com o seu superior imediato e depois você fala com o picão. Quem vai avaliar você é a pessoa mais próxima do dia a dia. Isso pode ter uma atitude muito negativa entre colegas e passa uma imagem de pessoa que não sabe ou não quer trabalhar em equipe.

5. Team Player: Odeio fulano!

Faz parte. No ambiente de trabalho, você vai ter que lidar com indesejáveis. Brigar e discutir não ajuda em nada, mesmo que você esteja certo. Quem levantar a voz primeiro, perdeu a argumentação.

Atacar a pessoa numa reunião por achar ele ou ela um babaca não é atitude profissional. Atacar ideias sem apresentar outras melhores, pior ainda. Aprender a lidar com pessoas é complicado e não adianta se esconder atrás dos computadores e dizer que só quer saber da tecnologia.

6. Foco nas tarefas e no projeto

Na Alemanha, considera-se um dia 100% produtivo quando uma pessoa passa 6 horas de uma jornada de 8 horas trabalhando no avanço de um projeto. Quando sua atenção desviar, lembre-se que existem tarefas e um projeto carentes de atenção.

Esse post é dedicado aos que pediram um post além do quark.

relacionados


Comentários