Meio Bit » Baú » Games » Super Nintendo ganhará um “novo” jogo no Japão

Super Nintendo ganhará um “novo” jogo no Japão

20 anos depois de aparecer no Super Famicom através do periférico Satellaview, o jogo Kaizou Choujin Shubibinman Zero está perto de ser lançado em cartucho para o console.

15/05/2017 às 13:01

kaizou-choujin-shubibinman-zero

Oficialmente, o último jogo lançado para o Super Nintendo foi o Frogger, lá em 1998. Já na Europa o canto do cisne aconteceu no mesmo ano com o Timon & Pumbaa's Jungle Games e se considerarmos a versão japonesa do console, então o fim veio com o Metal Slader Glory: Director's Cut, que saiu dois anos depois. Mas de qualquer forma, lá se vão quase duas décadas desde o fim de um dos melhores videogames de todos os tempos.

Isso no entanto não parece ter sido o suficiente para a NCS continuar acreditando no console e por isso eles anunciaram que nos próximos meses lançarão um novo cartucho para o Super Famicom. Com o nome de Kaizou Choujin Shubibinman Zero, o jogo é um beat-'em-up que não é exatamente original, já que ele foi lançado em 1997 para o Satellaview.

Caso não conheça o Satellaview, ele foi um acessório lançado para o Super Famicom que permitia que o videogame se conectasse à internet via satélite, permitindo assim que o usuário tivesse acesso a revistas, jogos e conteúdo adicional para eles. Sem nunca ter saído do Japão, o interessante é que os títulos não podiam ser armazenados no periférico, só podendo ser aproveitados no momento em que estavam sendo transmitidos.

Sendo assim, esta será a primeira vez que o Kaizou Choujin Shubibinman Zero será disponibilizado fisicamente, com a editora aproveitando o 20º aniversário do seu lançamento para conquistar os fãs e aqueles que tiverem interesse terão que pagar 6.998 ienes por uma cópia, o que representa cerca de US$ 62.

Embora de tempos em tempos vejamos alguns estúdios independentes lançando jogos para consoles que há muito foram descontinuados, o interessante neste caso é ver uma empresa resgatando um dos títulos que lançou na época em que o Super Nintendo/Super Famicom ainda estava na ativa e mesmo achando que o mercado para isso não seja muito grande, seria legal se outras editoras seguissem o exemplo.

Esse caso também me faz pensar no Super NES Classic que supostamente será lançado ainda este ano. Mesmo achando que isso não acontecerá, gostaria muito que esse aparelho tivesse entrada para cartuchos e se isso acontecer, esse mercado de relançamentos físicos de jogos poderia ganhar um belo impulso.


GameT1tan — Kaizou Choujin Shubibinman Zero (Firstrun\SNES)

Fonte: Comic Book.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários