Meio Bit » Baú » Filmes e séries » O bizarro We Happy Few virará um filme

O bizarro We Happy Few virará um filme

Mesmo ainda sendo vendido como em “Acesso Antecipado”, o distópico jogo We Happy Few será adaptado em um filme e por mais incrível que possa parecer, talvez esse dê certo.

03/04/2017 às 8:31

O primeiro trailer do We Happy Few foi suficiente para me conquistar. Com uma estética muito interessante, o jogo parecia uma versão ainda mais surreal do BioShock e imediatamente fiquei louco para jogá-lo. Algum tempo depois a criação da Compulsion Games chegou ao Steam com acesso antecipado e sinceramente, que decepção!

Eu não sei dizer se não gostei do jogo porque não estava com paciência para encará-lo naquela época, se a falta de clareza na sua proposta me confundiu ou se simplesmente ele não é bom mesmo, mas ainda tenho esperança de que uma nova oportunidade me fará mudar de ideia e que a continuação do desenvolvimento ajude nesta tarefa.

O que me deixou surpreso nestes dias foi descobrir que mesmo sem se tratar de um título muito conhecido ou mesmo pertencer a uma grande desenvolvedora, o We Happy Few foi escolhido para ser transformado em um filme, o que deverá acontecer sob a supervisão da Gold Circle Entertainment (A Escolha Perfeita, Evocando Espíritos).

Sem que atores ou mesmo um diretor tenham sido escolhidos ainda, no momento os produtores estão procurando um roteirista para o projeto, que ainda contará com a colaboração dos criadores do jogo e da dj2 Entertainment. Um detalhe importante é que este estúdio já está envolvido na adaptação para o cinema dos jogos Sleeping Dogs e Life Is Strange, além de um longa baseado no Sonic The Hedgehog.

Quanto ao enredo, o jogo fala sobre uma realidade alternativa em que, após os nazistas perderem o controle da Alemanha durante a Segunda Guerra e os novos comandantes continuarem lutando pela Europa, na década de 60 uma cidade inglesa acaba sendo invadida. Os moradores do local então são obrigados a cometerem um ato impensável e para conseguirem conviver com o que fizeram, eles passam a usar uma droga conhecida como Joy. O problema é que ao mesmo tempo em que ela lhes traz felicidade, também permite que o usuário seja manipulado e ao assumirmos o papel de um Downer, uma pessoa que optou por parar de se drogar, nosso objetivo será tentar fazer algo importante.

Por se tratar de um enredo que gira quase que totalmente em torno da paranoia e das sociedades distópicas, acredito que um bom filme possa surgir dessa adaptação e como estamos falando de uma obra que não carrega consigo todo o peso de outras marcas famosas que foram levadas para o cinema, pode ser que uma menor pressão sobre a produção acabe a ajudando.

O pessoal da Compulsion só não pode deixar que esse novo projeto atrapalhe o seu objetivo principal, que é terminar a produção do jogo.


Compulsion Games — We Happy Few - Announcement Trailer

Fonte: Engadget.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários