Meio Bit » Baú » Games » Liberar tudo no For Honor exigirá muito tempo (ou dinheiro)

Liberar tudo no For Honor exigirá muito tempo (ou dinheiro)

Indignado com a maneira como o conteúdo do For Honor é desbloqueado, um jogador resolveu fazer as contas e chegou a conclusão que, para ter acesso a tudo o que o título tem a oferecer, ou gastaremos uma bela grana ou precisaremos de muito, mas muito tempo.

21/03/2017 às 8:30

Quem leu a análise do For Honor que publiquei por aqui provavelmente lembrará que dediquei uma parte dela para falar das microtransações. Embora não seja uma tática nova, é difícil não ficarmos frustrados ao ver que o título possui tanto conteúdo que precisa ser desbloqueado. O pior é que a Ubisoft nos oferece a opção de pagarmos pelos personagens adicionais ou itens, o que acaba fazendo com que as moedas in-game que também podem ser utilizadas para isso sejam ganhas num ritmo bastante lento.

O que eu não sabia era o quanto seria necessário para conseguir tudo o que o título tem a oferecer, mas graças a um jogador conhecido no Reddit como bystander007, agora podemos ter uma melhor noção do tempo que teremos que dedicar ao For Honor ou da quantia em dinheiro que teremos que gastar para comprar tudo.

Segundo o levantamento feito por ele, no total precisaríamos de 91.500 Aço (a moeda utilizada no game) para desbloquear todos os personagens e suas respectivas personalizações no jogo base. Porém, como o título chegará a 12 guerreiros, isso resulta em 1.098.000 Aço. Fazendo a conta, para adquirir tudo isso seriam necessários 7,32 daquele pacotes de Aço que são vendidos por assustadores US$ 100. Portanto, estamos falando de US$ 732, além é claro dos US$ 60 que já foram gastos no jogo propriamente dito.

Mas tudo bem, como o For Honor ainda nos permite liberar esses conteúdos simplesmente jogando, alguns poderão dizer que só os impacientes gastarão dinheiro com ele e embora isso não deixe de ser verdade, existe um problema aí. Ainda de acordo com bystander007, uma pessoa que jogue durante uma ou duas horas por cinco ou sete dias por semana jamais conseguirá liberar tudo. Isso porque, como recebemos 1.000 Aço ao completar as missões diárias, além de mais 200 por cada partida disputada, seriam preciso 915 dias para juntar a quantia necessária, o que quer dizer 2,51 anos.

Embora alguns possam argumentar que não existe a real necessidade de desbloquear todo o conteúdo do jogo, um ponto interessante levantado pelo responsável pelas contas é que nós já pagamos por isso, está tudo lá na base de um jogo que compramos pelo preço cheio (US$ 60). Logo, seria justo termos que gastar mais de dois anos para ter acesso a isso?

O fato é que embora eu nunca tenha me incomodado muito com essa prática quando algumas empresas nos vendiam pacotes para acelerar o desbloqueio de carros, lutadores ou qualquer tipo de itens em certos jogos, não há como não lamentar a ideia de que essa tentativa de lucrar mais está fazendo com que os jogos venham quase sem conteúdo algum — vale citar que no caso do For Honor, inicialmente temos acesso a apenas três personagens.

Eu até poderia entender esse tipo de barreira num jogo gratuito, onde poderíamos escolher quais personagens ou itens gostaríamos de comprar ou mesmo desbloquear jogando, mas quando isso é feito num título vendido pelo preço normal, será que a estratégia da editora pode ser considerada justa?

Fonte: IGN.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários