Meio Bit » Baú » Games » Relembrando: Zone of the Enders: The 2nd Runner

Relembrando: Zone of the Enders: The 2nd Runner

10/08/2009 às 11:35

A seção Relembrando de hoje não fará uma viagem muito longa no tempo, mas como muitos dos apaixonados por videogames também se interessam por mechs, acho válido comentar um pouco sobre um dos melhores jogos do gênero e que foi lançado em 2003 para o Playstation 2 e que infelizmente não é tão popular quanto deveria: Zone of the Enders: The 2nd Runner.

dori_zoe_03.07.09

Lançado pela Konami e produzido pelo gênio Hideo Kojima, o game é sequência de um jogo lançado também para o PS2. Como é comum nos jogos em que Kojima-san se envolve, a série possui um enredo complexo, abordando temas como solidão, política, vida, morte e conflitos emocionais. Neste segundo jogo o protagonista é Dingo Egret, minerador que durante uma escavação encontra um Orbital Frame (como são chamados os mechs do jogo) de nome Jehuty. Logo Calisto, uma das luas de Júpiter e onde você está, é atacada e Dingo se vê obrigado a controlar o enorme robô. Começa aí um fantástico jogo.

Eu não cheguei a jogar o primeiro Z.O.E., mas quem o fez garante que The 2nd Runner é superior em todos os aspectos, como roteiro, gráficos e principalmente, jogabilidade. Tenho que admitir que a minha primeira impressão com o jogo não foi das melhores, com controle travados e ação frenética, porém, após alguns minutos dentro do game serviram para que eu pudesse me sair bem nas batalhas e dominar a rebelde câmera.

No jogo você usará Jehuty para atacar e se defender voando pelos cenários, usando armas primárias e secundário, além de poder agarrar seus adversários para depois arremessá-los contra paredes e usar objetos espalhados pelas fases para destruir os inimigos, que diga-se de passagem costumam andar em bandos. Um detalhe que merece ser mencionado é que as missões costumam ser variadas, garantindo que o jogo não se torne maçante com o tempo.

Também não posso deixar de comentar sobre o espetacular trabalho realizado por Yoji Shinkawa no desenhos dos robôs. Durante todo o jogo seremos apresentados por Orbital Frames belíssimos, cada um deles possuindo características que os diferenciam dos outros e o impacto visual dos robôs é impressionante.

Além dos dois jogos para o PS2, a série também apareceu no Game Boy Advance, assim como dois animes: um OVA chamado ZOE 2167 IDOLO e uma série com 26 episódios intitulada ZOE Dolores, i.

relacionados


Comentários