Meio Bit » Baú » Games » Valve está trabalhando em três jogos para realidade virtual

Valve está trabalhando em três jogos para realidade virtual

Gabe Newell diz que porque a Valve não planeja voltar a trabalhar com consoles e revela que a empresa está desenvolvendo três jogos para a realidade virtual.

13/02/2017 às 8:30

Se você não aguenta mais o silêncio que há anos a Valve vem fazendo em relação a produção de novos jogos, eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. A boa é que durante uma entrevista Gabe Newell revelou que atualmente eles estão trabalhando na criação de três títulos. A má? Pelo jeito tais jogos terão a realidade virtual como foco.

Segundo o chefão da Valve, os games em questão não serão experimentos, mas jogos completos e além de afirmar que eles estão sendo feitos tanto com a Source 2 quanto com a engine Unity, ele usou um bom exemplo para dizer como sua empresa está planejando levar a da realidade virtual um passo à frente.

Isso é algo que [Shigeru] Miyamoto sempre teve. Ele possui a habilidade de pensar sobre o dispositivo de entrada e o design como um sistema enquanto cria jogos. Nosso sentido é que isso nos permitirá construir experiências de entretenimento muito melhores para as pessoas.

Na mesma entrevista Newell ainda falou sobre o futuro da tecnologia, dizendo acreditar que é apenas uma questão de tempo até que tenhamos dispositivos e máquinas capazes de entregar melhores resoluções e taxas de atualizações de frames. Ainda assim, ele não descartou a possibilidade dela se mostrar um completo fracasso, mas que isso não pode fazer com que a Valve e outras empresas deixem de apostar na novidade.

O curioso no caso desses novos projetos é que o próprio Gabe Newell afirmou que eles não possuem planos de voltar a lançar jogos para consoles por não gostaram da ideia de ter que trabalhar em “jardins murados”, mas pelo jeito não o incomoda lançar suas criações apenas no Steam e tendo os donos de um HMD como alvo.

Porém, há de se ressaltar que nada foi dito se os três jogos serão exclusivos para dispositivos de realidade virtual, o que particularmente acho que seria bastante decepcionante e até mesmo um belo tiro no pé. Por outro lado, mas como a Valve está tentando vender o seu próprio aparelho, o SteamVR, pode ser que eles estejam apostando nisso para conquistar as pessoas.

Fonte: Eurogamer.

relacionados


Comentários