Meio Bit » Baú » Games » Hideo Kojima fala sobre o Nintendo Switch

Hideo Kojima fala sobre o Nintendo Switch

Criador da série Metal Gear elogia o Switch por ele realizar um antigo sonho dos gamers, que é poder levar seus jogos de consoles para qualquer lugar.

06/02/2017 às 8:30

Com o lançamento do Nintendo Switch fincando cada vez mais próximo, parece que todo mundo tem uma opinião a respeito do console e quem emitiu a sua recentemente foi ninguém menos do que Hideo Kojima. Ao conversar com o pessoal do site IGN, o game designer falou sobre o que o agrada no aparelho.

Você deve estar familiarizado com o fato de que em um jogo anterior que fiz tínhamos uma especificação que chamamos 'Transfarring', onde você podia pegar os dados salvos do PS Vita e movê-los para o PS3, e vice-versa. Acredito que o Switch seja uma extensão daquela ideia. O fato de você poder jogar algo em casa e levar para fora, isso é o sonho dos gamers. O Switch é uma evolução disso.

Ainda segundo Kojima-san, o futuro da tecnologia deverá funcionar todo através da nuvem, nos permitindo aproveitar nossos jogos em qualquer lugar que estejamos. Ele até admitiu que acreditava que já estaríamos mais avançados quanto a isso, mas que o Switch poderá funcionar como o primeiro passo nessa direção.

Previsões a parte, concordo totalmente com o comentário de Hideo Kojima quanto ao desejo de podermos jogar os títulos para consoles em qualquer lugar, o que vale lembrar, é algo bem antigo. A Sega por exemplo tentou isso com o Game Gear, que basicamente era um Master System portátil e depois com o Nomad, videogame que por muitos anos me fez sonhar com a possibilidade de ter acesso aos meus jogos de Mega Drive mesmo quando não estavisse em casa.

Neste sentido é difícil não criarmos uma enorme expectativa em relação ao Switch, ainda mais se pensarmos na qualidade visual que a Nintendo está prometendo entregar e nos muitos bons jogos que o console deverá receber (pelo menos por parte da fabricante).

O grande problema é pensar em aproveitar um videogame/portátil como esse no Brasil, onde pessoas nos assaltam por muito menos e se hoje não tenho coragem de expor meu PS Vita publicamente (eu sei, soou capcioso), com certeza não faria isso com um Switch.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários