Meio Bit » Baú » Software » Como fracassar miseravelmente com Open Source no Mac

Como fracassar miseravelmente com Open Source no Mac

01/08/2009 às 19:37

Estou editando um vídeo. Precisei de um bloco de áudio. Fiquei com preguiça de abrir o GarageBand só pra isso. Pensei: Vamos ver o Audacity, afinal ele é um editor decente, multiplataforma, leve, ideal para cortar um pedaço de um MP3, apenas o que eu queria.

Fui no site oficial, baixei a versão correta, 10MB, um tamanho bem razoável. Instalei (se é que arrastar para a pasta Applications é instalar) e rodei.

Vamos dar o desconto de que não é feito por profissionais, a funcionalidade é o foco, detalhes como usabilidade ficam em segundo plano. Tudo bem. Dados esses descontos, o Audacity no Mac fica mais feio que cliente de prostituição infantil que paga com cheque sem fundo.

Ao menos funciona, né? Funciona. Abri meu MP3, selecionei o trecho, fiz copy/new/paste. Vamos salvar o arquivo. Passo o primeiro diálogo mais horroroso do que os das novelas de mutantes da Record, escolho nome, clico em salvar. PAM!

O troço é vendido como a última bolacha do pacote que as andorinhas (européias) que vivem na barba do Stallman roubaram semana passada, e para salvar uma porquera de um MP3 tenho que caçar manualmente bibliotecas, instalar na marra, ficar lendo páginas de HOW-TOs?

Eu poderia estar roubando, eu poderia estar matando, mas meus amigos, eu só quero salvar um arquivo em formato MP3. Não quero saber de mimimi licença mimimi a RIAA, mimimi o Bill Gates mimimi o Sarney. Pense como usuário. Eu tenho um problema. Quero que o programa resolve o problema. Se o Audacity não funciona sem baixar uma biblioteca externa, ELE tem um problema, e aí, meu caro, ema ema ema.

Veredicto: O Audacity não está pronto para o desktop, ao menos o do Mac. Deveria aprender com o Firefox que não usa o fato de ser OpenSource como desculpa para ser porco, feio e pela metade.

relacionados


Comentários