Meio Bit » Baú » Games » Rage e a capacidade do DVD

Rage e a capacidade do DVD

22/07/2009 às 12:26

Ainda sem previsão para lançamento, o próximo jogo de id Software, Rage, possui poucas informações reveladas mas é muito provável que sejamos apresentados a mais uma engine tecnicamente invejável criada pelo mestre John Carmack e sua equipe. Não é de hoje que os envolvidos estão tendo problemas para incluir no game tudo o que desejam devido a baixa capacidade de armazenamento da mídia usada pelo 360 e ao falar com o pessoal da GameInformer, Carmack deu algumas explicações sobre o assunto:

Gostaria de deixar as coisas claras aqui, comparando um Blu-ray com três DVDs, o que seria a coisa certa, mas o jogo simplesmente… nós não podemos cortá-lo em três pedaços assim. Poderíamos dividí-lo em duas partes. Teremos duas grandes locações aqui, mas não poderemos fazer uma divisão arbitrária.

Já o Doom 4 está sendo produzido de uma forma que poderá ser separado em 3 DVDs contra um Blu-ray. Pelo menos a forma como o jogo está struturado permite isso.

Ao falar sobre o desenvolvimento para os dois consoles, o game designer afirmou que “teoricamente há um pouco mais de força bruta no PS3, enquanto que os recursos do Xbox 360 são mais fáceis de serem aproveitados.

Como algumas mudanças foram feitas na estrutura do Rage, acredito que o jogo não sofrerá corte de conteúdo no Xbox 360, muito menos as outras versões (PS3 e PC) terão sua qualidade afetadas pela falta de espaço do DVD-9, mesmo assim, é mais uma grande produtora reclamando que um de seus principais jogos estão encontrando dificuldades devido a mídia adotada pela Microsoft.

Mas há de levarmos em consideração que na geração passada, com cerca de 3 ou 4 anos o CD já estava mais do que sepultado e nenhum jogo do PS2 utilizava mais esse formato. Que os desenvolvedores gostariam de ter mais espaço para seus jogos, ninguém duvida, mas fico me perguntando se o DVD está atrapalhando tanto a indústria quanto pode parecer.

relacionados


Comentários