Meio Bit » Baú » Indústria » Funcionário da Foxconn comete suicídio após perder iPhone

Funcionário da Foxconn comete suicídio após perder iPhone

21/07/2009 às 23:56

A Apple confirmou hoje a morte de um funcionário que trabalhava em uma fábrica da Foxconn que produzia o iPhone, na China.

Insensibilidade a parte, a notícia não seria chocante se o motivo da morte não fosse tão estranho: suicídio. Calma, tem mais. O funcionário cometeu suicídio logo após ter perdido um protótipo da 4ª geração do iPhone.

"Nós estamos tristes pela trágica perda desse jovem funcionário, e nós aguardamos os resultados da investigação sobre sua morte”, diz a porta-voz da Apple Kristin Huguet. "Nós exigimos que todos os nossos fornecedores tratem todos os trabalhores com dignidade e respeito”, completa.

De acordo com os jornais chineses, Sun Danyong, 25 anos, deveria ter enviado 16 unidades do novo iPhone para a sede da Apple, em Cupertino, mas apenas 15 aparelhos chegaram ao seu destino, o que levou a Foxconn a abrir uma investigação. Logo após saber que seria feita uma investigação em sua casa, Sun se jogou da janela do 12º andar do seu prédio.

image

A Foxconn, empresa parceira da Apple responsável pela produção dos iPods, iPhones e outros produtos, já se envolveu em escândalos no passado. Em 2006, a fábrica foi acusada de quebrar as leis trabalhistas chinesas, forçando funcionários a trabalhar mais de 60 horas por semana, sendo que 25% deles não tinham direito a nem um dia de folga na semana. E você reclamando do seu trabalho.

Enquanto isso, as investigações em busca do iPhone encantado perdido continuam.

Fonte: Cnet

Update: de acordo com alguns sites, funcionários da Foxconn foram até o apartamento de Sun Danyong, onde poderiam tê-lo pressionado e até torturado para obter informações sobre o aparelho perdido.

relacionados


Comentários