Meio Bit » Arquivos » Games » Itagaki e o problemático desenvolvimento do Devil's Third

Itagaki e o problemático desenvolvimento do Devil's Third

Criador do Devil's Third fala sobre a tumultuada produção do título que acabou sendo exclusivo do Wii U e atribui parte da culpa pelo seu fracasso ao trabalho realizado pela Nintendo em sua divulgação.

18/11/2016 às 10:02

devils-third

Imagine passar oito anos da sua vida trabalhando na criação de um jogo, ver a editora que estava o apoiando falir e quando tudo parecia perdido, encontrar esperança justamente numa parceria pouco provável para a publicação de um jogo voltado para o público mais velho, a Nintendo.

Apesar de todos esses problemas, o Devil's Third conseguiu despertar a atenção das pessoas enquanto estava sendo produzido, afinal se tratava do novo jogo de Tomonobu Itagaki, um dos principais responsáveis pelo renascimento da série Ninja Gaiden. Porém, a recepção ao game foi péssima, com quase todas as análises criticando diversos aspectos do título e pouco mais de um ano após o seu lançamento, o responsável pelo Valhalla Game Studios resolveu falar sobre a produção.

De acordo com o game designer, inicialmente o Devil's Third deveria ser um jogo exclusivo para o Xbox 360, com a Microsoft inclusive tendo lhe ajudado a fundar o estúdio, mas devido a uma maior atenção ao Kinect na época, eles optaram por abandonar a criação do game.

Itagaki então foi questionado sobre a dificuldade em encontrarmos cópias do jogo à venda e mesmo tendo tentado ser o mais elegante possível em sua resposta, sugeriu que boa parte da culpa pelo fracasso comercial foi responsabilidade da editora.

Geralmente não gosto de falar mal das pessoas e não tenho nada além de admiração pela Nintendo por ter lançado o Devil's Third. Porém, não acredito que eles tenham dado ao jogo seu melhor esforço para promover e vendê-lo. Ao mesmo tempo, também entendo a posição deles. Não tenho nenhum ressentimento em relação a equipe de vendas da Nintendo US, é natural para eles terem tomado as decisões que tomaram. Mas, entendo que existiu uma escassez [de cópias] e credito isso à Nintendo muitas vezes.

Outro problema segundo ele teria sido a maneira como a mídia avaliou o Devil's Third, sem ter tido o devido acesso a sua porção online. No entanto não é difícil encontrarmos críticas a esse modo do jogo por ele contar com microtransações e por não existir quase ninguém o aproveitando. Por falar nisso, os servidores do jogo serão desligados até o final desse ano.

Agora, resta a Tomonobu Itagaki corrigir alguns dos problemas do game para o lançamento do Devil's Third Online, que basicamente se trata da parte multiplayer do que temos no Wii U e que chegará em breve ao PC. Além disso, o japonês afirma que a ideia é transformar a franquia numa trilogia, mas será que ela terá força para tudo isso?

relacionados


Comentários