Meio Bit » Baú » Internet » E o email continua fazendo vítimas

E o email continua fazendo vítimas

10/07/2009 às 21:26

O recurso mais amado no mundo corporativo é a opção de apagar emails enviados, do Exchange Server da Microsoft. Dentro da própria rede é possível se arrepender, e se a pessoa do outro lado ainda não abriu a mensagem, podemos apagá-la. Sem deixar traços. Isso já salvou muitas vidas e empregos, exceto do sujeito da TI que tem que explicar pro Diretor que o recurso não funciona para emails de Internet, principalmente fora da empresa.

Se funcionasse seria bem melhor, já que uma pesquisa entre executivos americanos revelou que nada menos de 80% deles já enviou emails comprometedores ou embaraçosos sem-querer. OK, todo mundo já teve seu dia, mas quanto mais alta a posição hierárquica do sujeito, mais provável o envio sistemático do que não deve ser enviado.

Já tive que ficar limpando um servidor Exchange porque uma sumidade teve a idéia de enviar as fotos de uma obra pra mais de 2000 contas de email na empresa. Imagine a situação: Abriu a pasta da câmera digital, arrastou uns 15 ou 20 JPEGs de mais de 3MB, selecionou todos os grupos possiveis e mandou. O Exchange imediatamente criou cópias dos arquivos na caixa-postal de cada um, obviamente detonando o espaço em disco e sentando o servidor. Quem era peão ou não era de TI se descobriu com a caixa-postal lotada, pois limitávamos o espaço para reles mortais.


No artigo citado acima, um problema maior ainda: Uma grande firma de advocacia. Uma secretária manda uma pergunta inocente para todos os funcionários. Um dos sócios, que tinha um caso com a secretária responde, acrescenta algo como "mal posso esperar nosso encontro hoje a noite". CLARO, o abestado apertou REPLY TO ALL.

Aqui no Brasil conheci um cidadão que ganhou um celular topo de linha e um pedido de desculpas, depois que um sub-gerente qualquer da empresa fabricante o chamou de idiota em um email interno, mas na hora de responder ao cliente esqueceu de apagar o resto da thread. Digamos que a matriz foi acionada e em dois dias tudo estava resolvido.

O segredo para escapar disso é a PRESSA. Nunca devemos ceder a pressa OU responder sem pensar. As grandes Hgadas ocorrem nos emails aparentemente não-comprometedores, esse é o grande risco, como aprendeu o mané nesta thread famosa (pág 2), que postou um screenshot do desktop, mas esqueceu da existência do folder "shemale vids". A zoação durou até a thread ser fechada, na página 90.

relacionados


Comentários