Meio Bit » Baú » Internet » Quem diria: millennials não são tão espertos quanto imaginam

Quem diria: millennials não são tão espertos quanto imaginam

Uma pesquisa da Microsoft descobriu algo no mínimo curioso, mas não inesperado: os millennials são muito mais vítimas de golpes online do que as gerações mais velhas. Pelo visto USAR tecnologia não significa CONHECER tecnologia…

24/10/2016 às 10:31

1113

Millennials é um termo quase pejorativo que se refere à geração que começou a se entender como gente quando as Torres Gêmeas caíram, mais ou menos o segmento entre 18 e 34 anos. Teoricamente deveriam ser os mais antenados com tecnologia, algo natural que faz parte da vida deles. Gente que nunca precisou ou usou um caderninho de telefones, não sabe de cabeça o fixo de casa e considera totalmente neandertal o conceito de levantar para mudar o canal da TV.

Deveriam, mas um fenômeno interessante ocorreu: o pessoal intermediário, que tem mais de 30 gosta muito mais de tecnologia, pois são velhos o bastante para ter visto as enormes mudanças da última década, mas jovens o bastante para não se engessarem abraçado ao passado lembrando dos bons e velhos tempos.

O efeito final é que a galera mais jovem vê tecnologia como uma caixa preta, não sabem como funciona nem se interessam. Isso ficou claro em uma pesquisa bancada pela Microsoft envolvendo mil pessoas em 12 países.

A pesquisa foi sobre golpes de suporte técnico, aquelas picaretagens onde popups avisam de vírus e problemas no computador, oferecendo soluções, quase sempre pagas, tipo assim:

tech-support-scam-popup

Esses estelionatários usam imagem e nome da Microsoft e outras empresas para fingir que são legítimos, e na melhor das hipóteses você joga dinheiro fora. Na pior, cai em um esquema de resgateware, onde seus dados são bloqueados, roubados e só a muito custo você os terá de volta.

Pois bem, 17% dos entrevistados acima de 55 anos caiu em um golpe desses no último ano.

Na faixa entre 36 e 54 anos, o número de vítimas ficou em torno de 34%.

Já os millennials, entre 18 e 34 anos confessaram ter sido vítimas desses scams em nada menos que 50% dos casos.

2015-10-05-1444083141-7492600-media_9c053d306b2111e59e0d2916713ca3fb

Uma teoria é que o pessoal mais velho tem tanto medo de mexer em computador que congelam, preferem chamar o sobrinho do que clicar no scam, mesmo sem saber que é golpe. Eu acho plausível. Minha mãe é incapaz de entrar no site do banco e entender que os campos conta e agência são para ela digitar conta e agência, precisa que EU diga para que servem.

Já os millennials, que sabem de tudo e querem que o mundo se renda a seus desejos e vontades, não aceitam que podem estar errados e muito menos que estejam sendo enganados.

Felizmente ao menos dessa vez a punição veio a cavalo.

Fonte: The Next Web.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários