Meio Bit » Baú » Ciência » Grupo de “cientistas” quer criar Asgardia — nação de 100 mil habitantes no espaço

Grupo de “cientistas” quer criar Asgardia — nação de 100 mil habitantes no espaço

Quer morar no Espaço? Um grupo de cientistas (dizem eles) apresentou o projeto de uma cidade orbital para CEM MIL pessoas. Agora a parte que você não vai ver no Fantástico: não vai acontecer. Esqueça.

14/10/2016 às 19:37

4213413-8042748753-33986

A exploração espacial é a Maior Aventura, e por isso mesmo atrai um monte de aventureiros. Se de um lado temos Elon Musk e seu projeto viável de colonização marciana, também temos aqueles picaretas do Mars One, que estão vendendo um projeto de uma colônia marciana bancada por um reality show.

Eles não tem NADA, nem sequer os contatos preliminares que disseram ter acontecido foram confirmados pela SpaceX. Agora surgiu outro projeto mais mirabolante ainda.

O maior número de pessoas que já esteve no espaço ao mesmo tempo foram 13. 7 em um ônibus espacial e 6 na Estação Espacial. O projeto Centro Internacional de Pesquisa Aeroespacial é construir uma colônia orbital para… 100 mil pessoas.

Quando chegarem a esse número, pretendem pedir à ONU que reconheça Asgardia como nação soberana. Se a idéia toda te lembra muito aquele filme horroroso, Elysium, é isso mesmo.

f3_05_elysium

A apresentação, feita em Paris por um tal Dr Igor Ashurbeyli foi, claro, carente de informações técnicas. Digamos assim: a ISS se peida para fornecer suporte de vida para 6 pessoas. Montar um ecossistema funcional para 100 mil?

Para piorar o tal instituto de pesquisa (fundado no final de 2013) não é exatamente uma NASA. Sua maior e única produção é o Room, um site/revista com notícias espaciais. Não é como a Planetary Society, que faz pesquisa real, e inclui instrumentos em sondas da NASA.

Outro grande alerta vermelho é que na área de eventos do Instituto listam o Congresso da Associação Astronáutica Internacional, mas a impressão que o layout passa é que é um evento deles, o que absolutamente não é verdade. Não têm qualquer conexão ou patrocínio envolvido.

A existência desse tipo de marmotagem não é de todo ruim. Significa que exploração espacial está na moda, está atraindo gente o bastante pra alguém achar que dá pra ganhar dinheiro se aproveitando desse interesse.

Fonte: Russia Today.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários