Meio Bit » Baú » Games » Co-criador fala sobre o enorme controle do primeiro Xbox

Co-criador fala sobre o enorme controle do primeiro Xbox

Seamus Blackley fala sobre o gigantesco controle que foi lançado junto com o primeiro Xbox e revela porque o Duke acabou se tornando o que o Guinness considerou o maior gamepad já criado.

04/10/2016 às 13:01

the-duke

Quando a Microsoft lançou o primeiro Xbox, uma coisa que logo chamou a atenção das pessoas foi o enorme controle que vinha com ele. Conhecido como Duke, ele chegou a aparecer no Guinness como o maior gamepad já criado e para o pessoal do IGN, aquele seria o segundo pior controle de todos os tempos.

Como a Gigante de Redmond queria conquistar o Japão, eles desenvolveram uma versão menor do Duke para aquele país, que recebeu o codinome Akebono e ficou conhecida como Controller S, até que alguns anos depois esse passasse a substituir o tão criticado controle em todos os territórios.

Eis que tanto tempo depois o Duke volta a ser assunto, tudo porque um seguidor de Seamus Blackley o procurou no Twitter dizendo que faria uma apresentação na faculdade e pediu para que cocriador do Xbox falasse um pouco sobre o acessório. Ele disse o seguinte:

Ele era embaraçosamente enorme, politicamente eu não tinha credibilidade para consertar isso. Eles ignoraram o teste de foco: entendo que você poderia pousar um helicóptero naquilo.

O cara responsável pelo controle pegou um vendedor que não podia fazer eletrônicos pequenos, então ele teve que fazer um design enorme para comportar [as peças]. O Dreamcast era nosso console favorito na época e tinha um grande controle em que se encaixava um Tamagotchi. Então aquilo o tornava menos insano! Muitas pessoas adoravam o controle grande.

[Mas] os japoneses ficaram alarmados com o enorme controle: o feedback foi recebido e a equipe fez um fantástico trabalho ao entregar uma versão menor”.

Realmente, as vezes não nos damos conta de como o controle do Dreamcast era grande, mas ao contrário do que acontecia com o Duke, o do console da SEGA era leve e extremamente ergonômico. Agora, o curioso é essa história de que o responsável não conseguiu encontrar alguém que fornecesse peças menores, o que soa tão amador que cheguei a pensar que Seamus Blackley estava apenas brincando, mas não parece ser o caso.

De qualquer forma, o mais interessante é ver como a Microsoft saiu de algo tão criticado para aquele que vimos no Xbox 360, que mesmo ainda tendo alguns probleminhas, considero o melhor controle de todos os tempos.


Steve Benway — Joypad Of The Day: Xbox "Duke" Pad

Fonte: Gamespot.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários