Meio Bit » Baú » Ciência » Musk não respeita a Primeira-Diretriz

Musk não respeita a Primeira-Diretriz

Elon Musk está ignorando uma questão ética, quase filosófica: a presença de humanos em Marte irá afetar a vida microbiana local, se existir. Muitos cientistas são a favor de colocar o planeta em quarentena se vida for descoberta, mas será que isso faz sentido?

30/09/2016 às 7:30

mlm

Assim como a Federação Unida dos Planetas, a NASA tem uma Primeira-Diretriz de não-interferência. Diria eu que são absolutamente nazistas em prevenir qualquer tipo de contaminação. Há um medo tão grande, de que as sondas jovianas contaminem com micro-organismos terrestres as Luas de Júpiter, que a Juno sequer foi autorizada a se aproximar de Europa.

As chances são mínimas de que algo sobreviva a meses de exposição ao campo radioativo de Júpiter, mas na dúvida…

Robôs como o Curiosity são esterilizados o máximo possível e mesmo assim é sempre controverso enviar esses equipamentos para Marte. Teme-se que caso haja um frágil ecossistema por lá, ele não resista a uma invasão de micróbios terrestres.

vlcsnap-error669

Muitos cientistas defendem que caso seja detectada uma forma de vida marciana, mesmo que bacteriana, o planeta seja colocado em quarentena. Muitos cientistas discordam. Elon Musk também. Durante uma coletiva ele declarou que não está preocupado com vida bacteriana em Marte, que sequer foi detectada. O planeta que temos que proteger é a Terra.

O conceito é interessante, é bonito, mas sejamos realistas: Marte teve sua chance, hoje é um planeta morto, no máximo moribundo. Mesmo que existam formas de vida se agarrando à existência, alguns metros abaixo da superfície, estão adiando o inevitável.

As bactérias não precisam mais de Marte, nós precisamos. E Marte precisa de nós. Somos a única espécie capaz de restaurar sua antiga glória. Terraformar o planeta levará séculos e custará uma fortuna, felizmente temos as duas coisas. E se alguém achar que um planeta deserto e sem vida é melhor do que uma segunda Terra, só podemos lamentar.

marstransitionv

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários