Meio Bit » Baú » Games » Produtoras e as mudanças de estilo

Produtoras e as mudanças de estilo

24/06/2009 às 12:14

A Gearbox Software iniciou suas atividades trabalhando com a Valve no desenvolvimento de jogos relacionados a série Half-Life, mais precisamente o Opposing Force e a conversão para o Dreamcast, porém, a empresa se tornou mais conhecida ao criar o ótimo Brothers in Arms: Road to Hill 30. Ao conceder uma entrevista, o presidente Randy Pitchford falou um pouco de sua admiração pelas séries Halo e Call of Duty e levantou um ponto interessante, veja:

Eu continuo esperando ouvir o que a Bungie está fazendo que não seja um Halo. Aqueles cara são fantásticos, certo? Eles andam sobre a água! E o mesmo pode ser dito sobre a Infinity Ward. É como, ‘Cara, eu fico totalmente empolgado para pegar o meu Call of Duty ano após ano, mas vocês são incríveis! O que mais vocês possuem? Vocês poderiam me dar algo que eu não tenha visto antes?

Ele termina dizendo que entende os riscos em se criar algo inovador e que acredita que a separação da Bungie e Microsoft deverá ser algo bom para os jogadores, mas que a produtora correrá um grande risco.

dori_hal_23.06.09 O que me chamou a atenção é que todos nós conhecemos diversas empresas que se especializaram em criar games de um determinado gênero e que quando elas tentam diversificar seus catálogos o resultado não foi dos melhores. O ponto positivo nessa prática é que ao se aperfeiçoar apenas em um determinado estilo de jogo, a tendência é que os criadores façam o melhor possível, mas se lembrarmos que alguns diretores de cinema (Fincher ou os irmãos Coen) foram taxados por alguns anos como criadores de apenas um determinado tipo de filme para depois mudando radicalmente, vemos que essas viagens por mares desconhecidos podem ser bastante proveitosas.

Quem sabe um dia não veremos um RPG feito pela Bungie como esse aí de baixo…

[via VideoGamer]

relacionados


Comentários