Meio Bit » Baú » Games » Está na hora de voltarmos à Rapture

Está na hora de voltarmos à Rapture

Com o lançamento do BioShock: The Collection acontecendo essa semana, a 2K explicou como poderemos fazer o upgrade gratuito no PC, além de ter revelado as configuração mínima e recomendada para rodarmos os jogos.

12/09/2016 às 13:04

bioshock-the-collection

É bastante comum vermos as pessoas reclamando da falta de novidades na indústria de games, mas na minha opinião, a geração passada nos deu uma bela quantidade de novas franquias muito boas. Entre elas, uma das que está entre as minhas favoritas é a BioShock e o engraçado é que num primeiro momento aquele jogo não me agradou.

Eu sinceramente não sei dizer porque a criação de Ken Levine inicialmente me pareceu chata, mas depois que eu entendi como poderia criar armadilhas contra os inimigos e passei a prestar atenção no seu enredo, pude perceber o quão fantástico era aquele FPS, um jogo que não se resumia apenas a atirarmos em tudo o que se movesse.

Caso você não tenha dado uma chance à franquia, a boa notícia é que essa semana será lançada a BioShock: The Collection, coletânea que trará remasterizações dos dois primeiros capítulos, assim como uma cópia do BioShock Infinite e se a sua plataforma escolhida para jogá-los for o PlayStation 4 ou o Xbox One, bastará adquirir o pacote. Já no PC a coisa será um pouco diferente, com aqueles que já possuem os originais ganhando acesso gratuito às novas versões.

Então, para tentar esclarecer como será feito esse upgrade, a 2K publicou um texto no Steam dizendo o que será preciso para termos direito às versões melhoradas do BioShock e do BioShock 2. Para começar, saiba que se você tiver tais títulos comprados pelo serviço da Valve, fique tranquilo, pois a atualização acontecerá automaticamente.

Porém, se a sua cópia do primeiro jogo foi comprada fisicamente, será preciso acessar essa página e fornecer um comprovante da aquisição, já que o título não vinha com um código de registro. Por sorte isso acontecia no BioShock 2, então basta registrar o serial no Steam e você já terá direito ao game.

Além disso, a editora também divulgou os requisitos mínimos e recomendados para rodarmos as remasterizações. São eles:

Configuração Mínima:

  • Processador: Intel E6750 Core 2 Duo 2,66 GHz / AMD Athlon X2 2,7 GHz;
  • Memória: 4 GB;
  • Placa de vídeo: AMD Radeon HD 7770 / NVIDIA GeForce GTX 560;
  • Disco rígido: BioShock: 25 GB; BioShock 2: 25 GB; BioShock Infinite: 20 GB.

Configuração Recomendada:

  • Processador: 3 GHz Quad-Core;
  • Memória: 8 GB;
  • VGA: 2 GB ATI Radeon HD 7970 / 2 GB NVIDIA GeForce GTX 770 ou melhor;
  • HD: BioShock: 25 GB; BioShock 2: 25 GB; BioShock Infinite: 30 GB; Total para os três jogos: 80 GB.

Por ter me tornado um grande fã do primeiro BioShock, há bastante tempo eu vinha pensando em começar a jogar ele novamente e com a chegada dessa remasterização, espero conseguir fazer isso ainda essa semana. Como dessa vez terei gráficos melhores, Full HD e 60 fps, a experiência será ainda mais fantástica. Só espero que a adaptação para PC não sofra dos mesmos problemas que tanto temos visto ultimamente.

relacionados


Comentários