Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Garmin-Asus abandonando o Linux (mas calma, não chore)

Garmin-Asus abandonando o Linux (mas calma, não chore)

23/06/2009 às 0:13

A experiência com o Nüvifone G60 não foi muito feliz, pelo visto desenvolver uma plataforma Linux não é tão simples como dão a entender, ainda mais para aparelhos que exigem um sistema robusto e acabado, como celulares. Por isso o consórcio deu adeus ao Linux.

Gente que vive de mesada pode se dar ao luxo de reinventar a roda, por isso o Distrowatch lista o RIDÍCULO número de 623 distribuições Linux. Empresas não tem essa facilidade. Por isso a Asus-Garmin considera o G60 seu primeiro e último produto Linux.

Antes que algum freetard apareça dizendo que tem dinheiro da Microsoft na decisão, digamos que se rolou suborno só pagaram metade, pois a Asus-Garmin passará a utilizar Windows Mobile E Android em seus produtos.

A decisão é simples: Sistemas Operacionais com suporte, grandes empresas por trás e um compromisso a longo prazo são melhores do que investir em áreas que não são sua expertise. E convenhamos, até para os desenvolvedores, Linux há 623, Android só tem um.

Via Cnet Asia

relacionados


Comentários