Meio Bit » Baú » Fotografia » MIT desenvolve câmera de fibras

MIT desenvolve câmera de fibras

23/06/2009 às 12:25

Acho que todo mundo que gosta de tecnologia conhece o MIT (Massachusetts Institute of Technology), local onde um bando de malucos com QI gigante ficam trancados desenvolvendo um monte de coisas bacanas. Agora eles estão lançando as bases para, quem sabe, uma próxima revolução na tecnologia fotográfica. Yoel Fink, pesquisador da área de ciência dos materiais e engenharia, está desenvolvendo uma câmera fotográfica a base de fibras. A maravilha foi conseguida ao colocar oito semicondutores, ao redor do centro de um rolo de fibra, que são capazes de detectar luz. Os semicondutores também são capazes de detectar em que ângulo a luz atinge a superfície da fibra, o que tornaria possível, pelo menos em teoria, a criação de imagens em 3D.

Claro que tudo isso está muito longe de gerar alguma coisa de uso prático ainda. Mas, ao que parece, a pesquisa com fibras e tecidos está em níveis bem avançados. Seda está sendo transformada em sensores biológicos, e lençóis de algodão estão sendo banhados em soluções de nanotubos. Isso tudo para criar equipamentos eletrônicos que possam ser vestidos confortavelmente. Segundo Yoel Fink, a utilização de uma câmera feita à base de fibras pode ser ilimitada. Entre elas, ele sugere que podemos criar telescópios dobráveis e até termos uniformes do exercito com câmeras já acopladas. Independente de ser coisa do futuro ou não, essa é uma coisa que não vi em nenhum filme ainda. Quem sabe o próximo James Bond já não adote a tecnologia.

Fonte: Technology Review

relacionados


Comentários