Meio Bit » Arquivos » Indústria » NVIDIA/TEGRA: Linux? Não, obrigado. Queremos Windows CE

NVIDIA/TEGRA: Linux? Não, obrigado. Queremos Windows CE

22/06/2009 às 21:40

Em uma decisão que vai deixar muita gente irritada entre os quase 1% de usuários Linux, a Nvidia decidiu adotar o Windows CE como sistema operacional de seus netbooks Tegra.

A Tegra é uma solução de único chip englobando CPU, GPU, memória, barramentos, etc. É baseada no processador ARM, feita para ter baixo consumo e alta performance, uma das características é suportar no mínimo execução de vídeo HD 720p.

O Zune HD, que vem por aí é baseado no Tegra, e os netbooks virão a reboque.

A decisão de usar o CE não foi capricho. A Nvidia chegou a produzir um port do Android para a plataforma, mas considerou que o sistema tem muitas limitações, ainda não está pronto para o Netbook. Outras soluções como Linux até possuem port para ARM, mas versão 7, sem otimização para o ARM11, base do Tegra.

O GRANDE calcanhar de aquiles do Windows CE é a parte de navegação. O Internet Explorer Mobile é o responsável único pelo traço de IBOPE que é a presença da Microsoft na Web Mobile. Não desejo o Explorer Mobile nem para o Stallman. Eu prefiro usar o HURD do que o Explorer Mobile.

Felizmente a Nvidia fez um acordo com a Opera para produzirem uma versão otimizada de seu excelente navegador que muita gente usa (no mundo mobile) e para não ficarem presos a uma única solução, apresentaram uma versão do Firefox 3.5 compilada para a plataforma.

A Nvidia está apostando muito, mas as exigências dos consumidores apontam justamente para essa direção. Muita performance na área de multimídia. O ponto questionável, a plataforma ser Windows CE e não Windows Windows PODE se tornar fonte de frustração. Há uma alternativa, entretanto: Seguir os passos da Apple, criar uma loja online concentrando aplicações, gratuitas ou não.

A diferença é que o consumidor de netbooks quer programas iguais ou semelhantes aos que utiliza no desktop. 400 aplicações de flatulência, como no iPhone, não são atraentes.

Irão conseguir? Bem, em termos de eye candy, a solução Microsoft tem tudo para dar certo. Perceberam, depois de séculos que a interface do Windows Mobile é... chata. Feia. Lembra Windows 95, com muita boa vontade. Portanto vão desconsiderá-la e usar uma interface baseada em Silverlight. Vantagem? Integração com o SO, performance, gráfica muito decente e grande posibilidade de customização.

Mesmo assim, é melhor que esperemos o Zune HD. O cemitério está cheio de produtos tecnologicamente avançados, mortos antes de sua hora por marketing ruim, falta de aplicativos ou mesmo por falta de entendimento do público.

Fonte: Ars Technica

relacionados


Comentários