Meio Bit » Arquivos » Robótica e IA » E o dia chegou: reconhecimento de voz é mais rápido que digitação

E o dia chegou: reconhecimento de voz é mais rápido que digitação

Poucas áreas evoluíram tão rápido nos últimos anos como o reconhecimento de voz, mas mesmo quem acompanha de perto se surpreende quando descobre que não só a tecnologia está bem madura, como já produz menos erros do que digitação.

30/08/2016 às 9:01

office-dictation-scan_pic0813

Por muito tempo existiram máquinas com razoável grau de inteligência capazes de entender texto ditado e converter em informação impressa, mas nem todo mundo pode ter uma secretária. Computadores sempre penaram com essa tarefa, por mais que a ficção científica vendesse como algo fácil.

Hoje a força bruta E a inteligência artificial conseguiram resultados impressionantes. Siris e Cortanas funcionam sem treinamento (Google também mas ele não tem personalidade) e com taxas de reconhecimento excelentes. Mesmo assim ainda não são tão eficientes quanto um texto inserido via teclado.

Por enquanto, e um enquanto que será bem curto. A Universidade de Stanford fez um teste comparando a entrada de dados via teclado em smartphones e via Deep Speech 2, um software desenvolvido pelo Baidu, para conversão de fala em inglês e mandarim.

O resultado? O software de reconhecimento de voz produziu 20,4% menos erros do que o teclado quando o texto era em inglês, em 63,8 menos quando era em mandarim.

O experimento envolveu 32 pessoas entre 19 e 32 anos, cada um escrevendo e falando 100 frases.

Os pontos negativos foram os de sempre: pessoas sem costume de usar voz, problemas com o ruído ambiente e dificuldade de corrigir quando você comete algum erro falando.

Talvez o segredo mais uma vez esteja na ficção científica. Em vez de se esforçar para adivinhar o que foi dito, é preferível que o computador seja honesto e admita que não entendeu o que foi falado.


Stanford experiment shows speech recognition writes texts more quickly than thumbs

fonte: Mashable.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários