Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Seria a Home tão importante?

Seria a Home tão importante?

18/06/2009 às 22:00

Quando soube que o Playstation 3 teria uma mundo virtual onde as pessoas poderiam se encontrar para bater-papo e jogar minigames, achei a ideia interessante, mas não consegui acreditar que seria um Second Life melhorado, o que não significa muita coisa. Após comprar o videogame, tratei de baixar o software, andei pela Home por alguns minutos e nunca mais apareci por lá, mesmo com as recentes adições de espaço temáticos como o da EA e de diversos jogos.

Talvez eu não seja o público alvo do serviço, talvez ele não tenha graça mesmo, mas o fato é que ao ver que a empresa acredita que a Home ajudará a vender mais PS3, eu sinceramente me perguntei o que eu estou perdendo. Em entrevista para o site IndustryGamers, Peter Edwards, diretor da Home disse o seguinte:

Apenas no PS3 você possui um ambiente neutro onde pode conhecer uma pessoa antes de se comprometer a adicioná-la à sua lista de amigos. E esse é o verdadeiro motivo pelo qual a Home foi desenvolvida e está aqui hoje.

Sempre foi nosso desejo aumentar o apelo da plataforma e ultimamente esperamos que ela seja um motivo para as pessoas escolherem o PS3. Quando as pessoas comprarem o console, elas poderão acessar a Home. Acho que ainda não chegamos lá ainda, mas penso que chegaremos antes do que esperamos

Tudo bem, o serviço já está lá, não pagamos nada por ele, mas mesmo em um cenário perfeito, não consigo acreditar que alguém pagaria 500 dólares em um videogame por causa de um chat 3D. Na minha opinião, se o PS3 conquistou os jogadores, é porque ele possui bons jogos e não por causa da Home, do Blu-ray, do controle que não parece um bumerangue ou seja lá o que for. Repito, todas essas funções são legais, agregam valor ao produto, mas não vejo, ao menos para os que querem mesmo é jogar um bom game e que desconfio ser a maioria, como algo tão essencial.

dori_home_18.06.09

[via Destructoid]

relacionados


Comentários