Meio Bit » Baú » Games » Como a franquia Call of Duty está ajudando veteranos de guerra

Como a franquia Call of Duty está ajudando veteranos de guerra

Conheça a Call of Duty Endowment, uma organização criada pela Activision que já conseguiu emprego para mais de 25 mil veteranos de guerra e que pretende dobrar esse número até 2019.

25/08/2016 às 10:00

call-of-duty

As pessoas adoram colocar a culpa nos games por quase tudo de ruim que acontece no mundo, principalmente se envolver armas de fogo, mas quando a força dos jogos eletrônicos é utilizada para melhorar a vida de alguns, infelizmente a repercussão não é a mesma. Talvez tenha sido por isso que só hoje foi conhecer o Call of Duty Endowment (C.O.D.E.), uma bela iniciativa criada pela Activision e que tem dado bons resultados.

Funcionando como uma fundação sem fins lucrativo, o que essa iniciativa faz é ajudar veteranos de guerra a fazer a transição de se suas carreiras militares para a vida civil, contribuindo financeiramente com 10 organizações cujo objetivo é conseguir emprego para esses ex-combatentes.

Fundada em 2009, a C.O.D.E. se comprometeu a levantar milhões de dólares para a causa, tendo iniciado com uma doação de US$ 125 mil para a Paralyzed Veterans of America e depois um dos objetivos adotados foi fazer com que 25 mil veteranos conseguissem bons empregos até 2018. Pois para a felicidade dos atendidos, a meta já foi atingida.

Devido a tamanho sucesso, o grupo que controla a iniciativa decidiu ampliar consideravelmente a meta e quem deu a notícia foi Bobby Kotick, CEO da Activision Blizzard e cofundador da Call of Duty Endowment.

Os esforços da Endowment tiveram um direto e positivo impacto na vida de muitos que deram tanto. Com a taxa de desemprego dos veteranos dos EUA estando bem acima da média, estamos comprometidos a continuar nossos esforços e a estabelecer um novo e ambicioso objetivo para garantir o emprego de 50 mil veteranos até 2019.

O interessante é que a editora tem aproveitado muito bem o nome de uma das suas principais franquias para ajudar. Em 2011 por exemplo a empresa doou para a C.O.D.E. todo o valor arrecadado com a venda de ingressos para um campeonato de Call of Duty e ao todo já foram mais de US$ 21 milhões dados a organizações que atuam nessa área de realocação de veteranos.

Our_Impact

Alguns podem dizer que o dinheiro vem das mãos de jogadores que não tem nada a ver com isso e inclusive de países que são oprimidos pelos americanos ou que a Activision está apenas tentando limpar sua imagem, mas prefiro pensar na mudança que algo assim pode trazer para a vida daqueles que arriscaram suas vidas num campo de batalha e que são ignorados ao voltarem para casa.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários