Meio Bit » Arquivos » Fotografia » Fotografando mulheres — não seja um fotógrafo babaca

Fotografando mulheres — não seja um fotógrafo babaca

Assédio sexual existe em todo lugar, e na fotografia não poderia ser diferente. Se você tem como objetivo a fotografia de mulheres, então é melhor dar uma olhada nesta pequena reflexão.

23/08/2016 às 11:46

Esse não é um texto tutorial. É apenas uma reflexão que pipocando em minha cabeça nos últimos tempos e decidi compartilhar com os leitores. Existem várias vertentes dentro da fotografia amadora e profissional. O objeto a ser fotografado é uma das principais escolhas do fotógrafo. Cada um tem sua escolha. Tenho amigos que gostam de fotografar objetos de metal enferrujados. Alguns focam na natureza, outros em espaços urbanos. Tenho até um conhecido que é busólogo e tenta registrar os mais diferentes modelos de ônibus (sim, isso existe).

mulheres4

Eu escolhi, desde o começo, fotografar mulheres. Começou como hobby, depois passou a ser profissão. Mulheres com roupa, pouca roupa e sem nenhuma roupa. Embora atualmente não seja mais um mercado tão rentável (as adolescentes passaram a fazer suas próprias fotos na frente do espelho), ainda rende uns ensaios bem legais. Quando falo sobre isso para uma plateia masculina a reação é sempre a mesma: um sorriso maroto. Ou seja, a coisa começa errado nesse ponto.

Sabem aquele papo feminista de que todo homem pode ser um molestador em potencial? Pois bem, na fotografia já vi muitos casos que comprovam isso. A quantidade de profissionais sem escrúpulos e que se aproveitam de modelos é algo fenomenal. Basta fazer uma pequena busca pelo Google para encontrar diversos casos. E é nesse ponto que o fotógrafo se torna, além de babaca, um criminoso.

mulheres3

Uma mulher que busca um ensaio fotográfico não quer se mostrar. É um ato psicológico que tem ligação com a autoestima. Elas fotografam para elas mesmas, e não para outras pessoas. Podem até existir outros motivos envolvidos, mas esse é o principal. Então ela está lá para se entregar e, ao mesmo tempo, realizar um sonho. Cabe a você, fotógrafo, ser o agente de realização deste sonho ou tornar tudo um pesadelo.

mulheres2

Aqui mesmo na região tenho alguns casos interessantes. A Roberta Brandão, modelo profissional, conta que em uma sessão de fotos para um catalogo de lingeries, foi apalpada pelo fotógrafo (que foi prontamente repreendido). A Lais, outra modelo que fotografa constantemente comigo, diz que foi procurada por fotógrafo que ofereceu ensaio fotográfico gratuito desde que ela topasse um encontro. E iguais a esses relatos existem vários.

Então, se a sua área é a fotografia de mulheres, existe uma lista de regrinhas que você deve seguir. A primeira, e mais importante, é a necessidade de ser uma pessoa decente. Resumindo, não seja um babaca. Você está lidando com seres humanos e para isso é necessário respeito. A segunda regra é sempre estar acompanhado na hora da sessão fotográfica. Preferencialmente tenha uma mulher em sua equipe. A terceira regra é nunca tocar no corpo da modelo. Quarta regra é nunca forçar a modelo a fazer algo que ela não queira. Essa parte é importante e um bom fotógrafo sabe interpretar as necessidades de uma cliente antes das suas. E, por último, sempre tenha um contrato assinado com todas as permissões de uso de imagem.

mulheres5

Coisa simples e que vai ajudar você a não ser uma pessoa desprezível.

Para ajudar no processo de reflexão:

relacionados


Comentários