Meio Bit » Baú » Filmes e séries » Um filme do Elder Scrolls? Só se for com o Peter Jackson

Um filme do Elder Scrolls? Só se for com o Peter Jackson

Executivo da Bethesda diz que empresa não pretende fazer filmes sobre seus jogos, mas que mudariam de ideia pelo Peter Jackson.

10/08/2016 às 9:03

skyrim

Com tantos jogos sendo transformados em filme ultimamente, era de se imaginar que a Bethesda também fosse procurada por estúdios de Hollywood e quem confirmou essa informação foi Pete Hines, o responsável pelo marketing da editora.

Embora tenha negado o interesse de sua empresa em ceder os diretos para adaptações, o executivo teve bom humor ao dizer que isso até poderia acontecer, mas desde que um diretor em particular ficasse responsável pelo projeto.

Acho que se o Peter Jackson chegar ao escritório e disser, ‘quero fazer o Elder Scrolls,’ bem, essa seria uma conversa bem séria que você teria que ouvir. Mas acho que o Peter provavelmente está bem ocupado (risos). Então não nos vejo tão cedo buscando por filmes.

Contudo, a resistência por parte da Bethesda não é gratuita e Hines tratou de explicar porque não deveremos ver filmes baseados em suas criações.

Somos questionados todo tempo, mas a versão curta é: nós fazemos games. É pelo o que somos conhecidos. E essa conversa normalmente cai no campo do: deixaremos outra pessoa fazer sua própria interpretação do que é o Fallout, o Elder Scroll ou o Dishonored? Ou as seguraremos e deixaremos que os desenvolvedores sejam os únicos a poderem dizer, ‘é isso o que o Fallout é, o Elder Scroll, o Wolfenstein ou o que quer que seja?’ Então queremos que nossos desenvolvedores decidam sobre o que são nossas franquias e não um diretor de cinema, produtor ou estúdio.

Mesmo quando eles dizem, ‘ah não, vocês terão o total controle,’ bem, não sei de alguém que realmente tenha o total controle sobre a adaptação para filmes de seus videogames. Se você tem, porque não faz você mesmo? É claro que o estúdio, o roteirista e o diretor terão muito a dizer, terão suas próprias visões.

Talvez eu esteja errado, mas acredito que se mais editoras de games tivessem o mesmo cuidado da Bethesda, provavelmente a maioria das adaptações de games para o cinema não seriam motivo de piadas e por mais que o licenciamento possa servir como uma ótima maneira de fortalecer uma marca, é bom saber que ainda existem empresas que não estão interessadas em se vender. Pelo menos não para quem não seja o Peter Jackson.

Fonte: Finder.

relacionados


Comentários