Meio Bit » Baú » Games » Videogames são para os para fracos

Videogames são para os para fracos

08/06/2009 às 9:08

Você já deve ter percebido como as crianças estão amadurecendo cada vez mais rápido, mas eu lhe pergunto o que você estava fazendo quando tinha 11 anos de idade. A maioria dirá que estava estudando, muitos assumirão que ainda brincavam e como aqui é um blog sobre games, a maioria afirmará que dedicava várias horas de seus dias aos jogos eletrônicos, estou certo? Porém, para o pequeno Moshe Kai Cavalin, apenas a primeira opção faz parte de sua vida.

O pequeno prodígio formou-se, na última semana, pelo East Los Angeles Community College em Liberal Studies, um curso que´aborda diversas disciplinas e que costuma ser muito puxado pois o estudante precisa ter um bom conhecimento sobre diversas áreas, uma espécie de Ciências Humanas. Ao entrar no curso, ainda com 8 anos, o moleque conseguia ensinar algumas matérias a “seus colegas”, esses com 18, 20 anos. No fim ele foi aprovado com nota máxima e já ganhou diversos campeonatos de artes marciais nos EUA.

Então o NBC Los Angeles News fez um matéria com Cavalin e o mesmo afirmou que pretende escrever um livro ensinando a outras crianças como se sair bem no colégio e já adiantou que os videogames não ajudará nas melhorias. Para falar a verdade, após ver os feitos do menino e ler suas palavras, não consegui me sentir nada além de um completo inútil. Confira aí se você também estiver afim de acabar com o seu dia:

Sinto como se fosse uma perda de tempo jogar videogames porque isso não ajudará a humanidade de nenhuma forma

Ok, respeito a inteligência do gênio aí, mas se ele soubesse quantas vezes já salvei a Terra de invasões alienígenas, quantos nazistas já aniquilei e quantas princesas já resgatei de castelos, talvez ele mudasse de opinião. Agora deixa eu ir porque preciso me recolher a minha insignificância.

dori_nerd_07.06.09

[via Kotaku]

relacionados


Comentários