Meio Bit » Baú » Indústria » Sim, ainda teremos um Moto X de quarta geração

Sim, ainda teremos um Moto X de quarta geração

Após a Lenovo confirmar que o Moto X continua vivo e bem, supostas especificações de sua quarta encarnação surgem na internet

19/07/2016 às 15:00

moto-x-2013-2014-2015

Quarta geração do Moto X não deve demorar a chegar

Quando o Moto Z foi anunciado muita gente (eu incluso) acreditou que o dispositivo modular seria o sucessor direto do Moto X, a linha de dispositivos de ponta com outrora preços decentes. Foi preciso a Lenovo vir à público esclarecer que um aparelho não tinha nada a ver com o outro, e que seu carro-chefe continua vivo e bem, com o Moto X Force (o herdeiro espiritual do Moto Maxx) a mais recente adição à família.

Logo ficou óbvio que uma quarta geração do aparelho não deve demorar a aparecer, e recentemente novos benchmarks que surgiram na internet reforçaram essa possibilidade.

A informação veio do site TimesNews, que adquiriu resultados de benchmarks de um novo smartphone da Lenovo de denominação XT1650, o que muitos acreditam ser a quarta encarnação do Moto X. Como os chineses são espertos ele não será um dispositivo para bater de frente com o Moto Z, já que esse foi introduzido como uma nova proposta: o foco nos módulos, os chamados Moto Snaps o posicionarão no mercado como um dispositivo inevitavelmente premium, para usuários exigentes e curiosos de tecnologia em geral.

Já o público geral que gosta de aparelhos de ponta se sentirá mais à vontade com o suposto novo Moto X, mais tradicional mas nem por isso um smartphone fraco. As informações fornecidas pelo benchmark vazado pela GFXBench mostram que ele será potente e trará um conjunto de câmeras duplo na parte traseira, uma com 21 megapixels e outra com 12 MP com autofoco e capacidade de filmar em 4K, o que já coloca o gadget sensivelmente à frente do LG G5 e seu primo cruzado.

benchmark

O restante de suas características revelam um smartphone potente mas basicamente igual ao Moto Z: SoC Qualcomm 820, quad-core Kryo com clock de até 2,1 GHz e GPU Adreno 530, 4 GB de RAM, 32 GB de espaço interno, display de 5,5 polegadas com resolução Quad HD (534 ppi), câmera frontal de 5 MP, rede 4G/LTE e Android 6.0.1 Marshmallow. Infelizmente faltam informações sobre capacidade de bateria e presença de um slot Micro-SD, mas é um começo.

Os únicos diferenciais seriam a ausência de compatibilidade com os Moto Snaps e a câmera dupla. Fora isso o novo Moto X é um Moto Z com outra roupagem, o que é compreensível: por que investir em dois aparelhos de ponta diferentes se o que diferenciará um do outro é basicamente a compatibilidade com os módulos externos?

Não há previsão de quando ou se esse aparelho chegará ao mercado, visto que tudo ainda reside no campo dos rumores. Entretanto vazamentos do tipo envolvendo lançamentos da saudosa Motorola já se revelaram verdadeiros posteriormente, portanto há boas chances desse vazamento ser verídico também. Aguardemos.

Fonte: TimesNews.

relacionados


Comentários