Meio Bit » Baú » Games » E3 2009 • Resumo Sony

E3 2009 • Resumo Sony

02/06/2009 às 22:40

A última conferência das fabricantes de games chega ao fim e sou obrigado a admitir, a Sony me surpreendeu. Não que eu já não estivesse esperando a exibição de diversos títulos exclusivos com extrema qualidade para os videogames da empresa, mas a apresentação da companhia me agradou muito e a revelação de ótimos jogos acabou servindo como a cereja do bolo. Acho que após as três grandes terem apresentado suas armas, a Sony talvez não tenha causado o mesmo impacto que a Microsoft, mas a sua lista de jogos merece respeito e os donos de um PS3 deverão permanecer bens servidos de jogos por um bom tempo.

dori_son_02.06.09_03

Vamos começar pelo que já era de se esperar. Durante a apresentação pudemos ver vários minutos de sequências de respeito da empresa. Pudemos ver um longo trecho do belíssimo Uncharted 2, onde a ação transbordava por todos os cantos. O jogo deu a impressão de estar mais cinematográfico e promete ser um sucesso tão grande ou maior que o primeiro. Pudemos ver ainda a quantas anda o desenvolvimento do God of War III. O Fantasma de Esparta mostrou estar em ótima forma e os embates brutais voltarão com tudo. Um detalhe que me chamou a atenção foi a inscrição “Star Demo” no início do vídeo e isso pode significar que uma versão demonstrativa pode aparecer na PSN um dia desses. O seu lançamento está previsto para março de 2010.

Já o Gran Turismo 5 não recebeu muita atenção, mas gostei de ver que teremos o Campeonato Mundial de Rally e a Nascar representados no jogo e o MAG apesar de ter mostrado que uma partida online contra outros mais de 200 jogadores pode ser muito legal, pareceu não ter muitas diferenças em relação aos outros FPSs do mercado.

Ainda sobre o PS3, mas abordando as novidades, foi revelado que a poderosa Rockstar irá lançar um jogo exclusivo para o console chamado Agent e que abordará assassinatos e espionagem na década de 70. de acordo com a Sony, a expectativa é que o game tenha o mesmo impacto que teve o GTA3 no PS2, o que soa bastante ambicioso. Outro exclusivo muito interessante foi o ModNation Racers, game de corrida que empresta do LittleBigPlanet a mania de criação de conteúdo, permitindo que modifiquemos carros, pilotos e pistas. A customização pareceu muito intuitiva e devemos estar diante de um novo fenômeno. Disponibilizar um Mario Kart-like onde podemos criar nossas pistas? Tem tudo para dar certo.

dori_son_02.06.09 Mas foi após mostrar um trailer do Final fantasy XIII que uma revelação ainda maior veio a tona. Jack Tretton mostrou o primeiro vídeo do décimo quarto jogo da série, título que segundo ele é exclusivo do PS3 e será online, o mais impressionante é que ele será lançado já em 2010. Demorou, mas um ano após a E3 de 2008, a Sony deu o troco na perda da exclusividade do XIII para o Xbox 360. Outra confirmação que agradará muitos jogadores é que hoje o Final Fantasy VII estará a venda através da PSN, o game funcionará tanto no PS3 quanto no PSP.

A empresa tratou de confirmar ainda que o vídeo vazado nos últimos dias era mesmo do novo jogo do Team Ico e que o jogo se chamará The Last Guardian, a frustração foi não terem dado mais nenhuma detalhe e termos ficado novamente sem uma data de lançamento. As últimas confirmações referentes ao PS3 é sobre a chegada do Lost Planet 2 no console e o desenvolvimento de um controle com sensor de movimento parecido com o do Wii.

Anunciado como “a experiência mais próxima da realidade que podemos ter”, o periférico parece, tanto visualmente (embora tenha sido dito que não passa de um protótipo)quanto em sua funcionalidade, muito com o do videogame da Nintendo. A demo técnica estava muito crua, mas a meu ver isso tem um lado bom e outro ruim. O bom é que ele parecia muito preciso, o que deve melhorar ainda mais com o desenvolvimento, mas o ruim é que tive a sensação de que sua demonstração não deveria ter sido feita. Acho que a Sony deveria ter esperado para mostrar algo mais perto da versão final, para causar uma impressão ainda melhor, mas talvez o Project Natal tenha antecipado um pouco as coisas.

dori_son_02.06.09_02 E não há como deixar de falar sobre a atenção dada pela Sony ao seu portátil, quer dizer, seu novo portátil, o PSP Go. Sem tirar nem por em relação ao que vazou na semana passada, o aparelho já é conhecido pela maior parte dos leitores e suas maiores revelações talvez sejam a substituição do PSP Media Manager pelo Media Go, um novo serviço chamado Sense Me que gerará listas de músicas baseado em seu gosto musical e a revelação do preço do aparelho, US$ 249,99. Sua chegada as lojas será no dia 1º de outubro de 2009.

Já que citamos o primeiro dia de outubro, ele também ficará marcado como a data em que uma lenda terminou, isso porque será nela (espero) que o repetidamente adiado Gran Turismo PSP será lançado. Apresentado pelo próprio Kaz Yamauchi, presidente da Polyphony Digital, o game virá recheado de conteúdo, contando com 800 veículos, 35 pistas e tudo isso rodando a suaves 60 quadros por segundo. Será possível correr contra outros quatro amigos e trocar os carros com eles.

Outro jogo do PSP que mereceu atenção especial foi o Metal Gear Solid: Peace Walker. Depois de revelar que o Xbox 360 receberá um jogo da série, Kojima-san deu um pulo no palco da Sony para anunciar o jogo e dar uma bela cutucada na Microsoft, revelando que essa é “a verdadeira sequência da franquia”. O game se passará 10 anos após o MGS3 e terá como protagonista o personagem Big Boss. Outro jogo com lançamento para 2010.

Foi dito rapidamente que a Capcom está produzindo um Resident Evil para o PSP e mostrado trechos de diversos outros jogos, como o LittleBigPlanet, Motorstorm, um jogo de tênis que me pareceu uma versão do Everybody Loves Golf e muitos outros de “menor expressão”. Para alegrar a vida dos donos de um PSP, foi confirmado que o Go não substituirá a versão atual e que foi feito um corte de 80% no valor dos kits de desenvolvimento para o portátil, o que deverá fazer com que a criação de jogos para ele aumente consideravelmente.

Acho que são muito boas novidades, não é mesmo?

relacionados


Comentários