Meio Bit » Baú » Engenharia » RoboCop faz mal à criança

RoboCop faz mal à criança

E a nãotícia do dia: um robô arranhou o pé de um guri nos EUA. Preparem-se para portais anunciando o Apocalipse Robótico.

13/07/2016 às 20:28

still-of-jill-hennessy,-robert-john-burke-and-robert-doqui-in-robocop-3-(1993)-large-picture

Muitos anos atrás li um cientista comentando que as 3 Leis da Robótica só seriam úteis no dia em que um robô fosse capaz de distinguir um Homem de uma Pedra. Na época parecia uma tarefa quase impossível, mas hoje é algo trivial.

A Microsoft fez um trabalho porreta de lindo no Kinect, usando redes neurais para ensinar o software a aprender a reconhecer humanos. Ele é tão bom que mesmo quando amputados são escaneados, consegue extrapolar e os identifica como seres humanos. Ok, não soou como eu pretendia.

Esse tipo de visão robótica atingiu um grau de refinamento tão grande que recebe destaque quando falha, e não quando funciona. É mais ou menos como o Brasil vs resto do mundo em programas espaciais. Lá foguete vira notícia quando dá errado, aqui, quando funciona.

Foi o caso do K5, este robô-policial aqui:

knightscope k5 thumbnails 05

Dizem que é desenvolvido pela Knightscope, uma empresa de Mountain View, mas é suspeitosamente parecido com um robô chinês que já publicamos por aqui. Eu até pesquisaria quem kibou quem, se me importasse.

Ele é usado por um monte de gente no Vale do Silício: esse Dalek especial mas muito amado patrulha áreas, identifica a presença de humanos, checa alarmes e se for necessário chama a polícia. Todo mundo acha muito legal e viraram atração turística, mas algo deu errado no Shopping Center Stanford, em Palo Alto.

Reporta a AMC News que um garoto de pouco mais de um ano foi atropelado e ferido por um desses robôs policiais assassinos.

Muito provavelmente os pais negligentes deixaram o guri solto e ele pulou na frente do robô, caiu e os sensores não pegaram, the end mas a mídia está fazendo a festa. Lembra os casos de cachorro que a gente fala que não morde, a criança-diaba fica azucrinando o bicho até ele se irritar e lascar os dentes, aí os pais do Damien reclamam você falou que não mordia.

De toda essa nãotícia tira-se que a percepção da mídia é que máquinas precisam ser perfeitas, quando são obras de seres imperfeitos (menos os Cilônios). Mesmo a mídia sensacionalista jamais daria a manchete segurança de shopping esbarra e derruba criança, é algo que acontece, é normal, faz parte, mas como é um robô, vira prenúncio do apocalipse.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários